Tríªs Rios entra no mapa econí´mico do Brasil – eDairyNews Últimas notícias
Sin categoría |16 mayo, 2012

Indústria | Tríªs Rios entra no mapa econí´mico do Brasil

Nos últimos cinco anos, o Estado do Rio tem se firmado como polo de desenvolvimento e oportunidade de investimentos. A…

Nos últimos cinco anos, o Estado do Rio tem se firmado como polo de desenvolvimento e oportunidade de investimentos. A carteira de negócios soma mais de R$ 35 bilhões apenas no interior fluminense, colocando cidades como Tríªs Rios, no Centro Sul, no mapa econí´mico do Paí­s. Os empreendimentos também tíªm ajudado a alavancar a economia da Costa Verde, Médio Paraí­ba, Baixadas Litorí¢neas, Norte e Sul Fluminense.
Em tríªs anos, o municí­pio de Tríªs Rios – onde um consórcio chiníªs planeja instalar sua fábrica de trens – recebeu mais de 900 empresas. Inaugurada em novembro de 2011, a nova fábrica da Nestlé, que recebeu recursos de R$ 200 milhões. Através dos incentivos concedidos pelo Governo do Estado, a cidade também receberá a fábrica de í´nibus Neobus (R$ 90 milhões) e os arranjos produtivos ferroviários (R$ 500 milhões).
– Com a chegada dos grandes empreendedores em Tríªs Rios, que são incentivados pelo Governo do Estado, começamos a investir em outras áreas. Com o aporte estadual, a cidade ganha mais em saúde, segurança, infraestrutura e educação. Tríªs Rio vive sua grande fase, nunca recebeu tantos recursos – disse o prefeito de Tríªs Rios, Viní­cius Farah.
– O estado vive um ciclo virtuoso de expansão que se caracteriza pela descentralização dos investimentos. Temos a formação do polo automobilí­stico como bom exemplo. Além disso, temos uma maior diversidade na economia. Há uma atração maior de investimentos em segmentos diversificados, como é o caso de Tríªs Rios, que vem atraindo diferentes segmentos – afirmou o secretário de Desenvolvimento, Energia, Indústria e Serviços, Julio Bueno.

Médio Paraí­ba

O Médio Paraí­ba Fluminense reforçou sua condição de polo da indústria automobilí­stica com o anúncio da instalação da instalação da Nissan em Resende. A região receberá ainda a fábrica de equipamentos pesados da Hyundai (Itatiaia), a expansão da fabricante de pneus Michelin (Itatiaia), a empresa da cadeia de cobre Ibrame (Itatiaia) e a unidade de Aços Longos da CSN (Volta Redonda).
A vinda da montadora é mais uma etapa de um ciclo de crescimento econí´mico que começou há cerca de quinze anos, com o anúncio da vinda da fábrica de caminhões e í´nibus da Volkswagen (hoje MAN Latin America) para a mesma cidade. O avanço industrial continuou com a chegada da PSA Peugeot Citroí«n e da Galvasud (hoje CSN Porto Real) a Porto Real.
Resende ganhou ainda, entre os grandes empreendimentos, uma unidade produtora de aços longos da Votorantim Siderurgia.
O crescimento industrial levou a outros ciclos de expansão. Os setores de comércio e serviços se expandiram, gerando milhares de empregos – mais até do que as indústrias. O aumento do acesso ao mercado de trabalho se combinou com as polí­ticas de incentivo do governo federal para gerar uma forte demanda por imóveis residenciais e hoje as maiores cidades da região tíªm obras espalhadas por quase todos os bairros.

Baixadas Litorí¢neas, Norte e Sul também recebem investimentos

O Norte Fluminense ganhará o Complexo Logí­stico e Industrial Barra do Furado, em Quissamã, que está sendo construí­do com orçamento de R$ 180 milhões. Em breve, São João da Barra terá sua economia aquecida com a inauguração do Complexo Industrial Super Porto do Açu. No total, serão investidos R$ 17,6 bilhões nesta primeira fase de implantação do complexo, que irá gerar no total 50 mil empregos.
Cabo Frio, nas Baixadas Litorí¢neas, contará com o Centro Logí­stico no entorno do Aeroporto de Cabo Frio. Na Costa Verde, serão inauguradas a Usina Nuclear Angra 3 (R$ 7,5 bilhões) e o Porto de Angra (R$ 200 milhões).

http://diariodovale.uol.com.br

Qualquer reivindicação decorrente das informações contidas no site eDairyNews será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, com sede na cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outra jurisdição, incluindo a Federal.

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Notas relacionadas