Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

O mercado de inseminação artificial de bovinos no Brasil movimentou 16,794 milhões de doses de sêmen no primeiro semestre deste ano, volume 65,4% maior em relação a igual período do ano passado, mostra o Index Asbia, elaborado pela Associação Brasileira de Inseminação Artificial (Asbia).

Entre sêmen importado, foram 6,006 milhões de doses, ou 24% mais. Já o sêmen bovino coletado no País no primeiro semestre alcançou 10,788 milhões de doses, ou 103% a mais. Os números referem-se a raças bovinas de corte e de leite.

sêmen asbia (Foto: Asbia)
 

A saída de doses de sêmen no mercado no primeiro semestre somou 12,071 milhões de doses, montante 35,7% maior em relação a igual período do ano passado. Na aba “saída de doses de sêmen” incluem-se vendas para o cliente final, exportações e prestação de serviços, define a Asbia.

Entre as raças bovinas de corte, as vendas para o cliente final (doses entregues a produtores rurais) somaram 7,831 milhões de doses (+41%) no período; as vendas para inseminação de gado de leite, 2,803 milhões de doses, ou 9% mais. Já as vendas totais para o cliente final atingiram no primeiro semestre 10,635 milhões de doses (entre raças de corte e de leite), ou 31% mais.

Inventados para aliviar o trabalho nas salas de cura, eles ajudam na metamorfose dos queijos suíços.”

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

ASSINE NOSSO NEWSLETTER