Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Fonte: Boomi

– Garimpo 16 | A família que produz mais de 20 milhões de litros de leite por ano – Diana e Roberto Jank | Agrindus e Letti A2

Agrindus é uma das maiores produtoras de leite do Brasil e a Letti A2 é pioneira na venda e distribuição de leite e derivados com o leite do tipo A2. Essa semana conversamos com a Diana e Roberto Jank. Pai e filha que estão a frente dessa empresa com mais de 76 anos de tradição. Seguindo nosso garimpo para encontrar empresas incríveis pouco conhecidas, encontramos a Agrindus e a Letti A2 que já está caminhando para sua terceira geração. Nesse episódio tratamos de temas relevantes para herdeiros e para empreendedores de uma maneira geral.

Em especial, tratamos das inúmeras oportunidades para quem quer empreender no campo. Temas abordados: – Entrar no negócio da família: Diana conta como foi a decisão de sair da sua carreira no mundo da moda para assumir o braço de produtos para consumidor final da Agrindus. – Marca própria e Spin Off: A estratégia da Agrindus de lançar a Letti A2 como uma forma de se diferenciar num mercado de commodities e como foi criada a estrutura totalmente separada para que a empresa tivesse autonomia. – Rastreabilidade: Existe uma grande oportunidade para empresas em todos os segmentos, especialmente o agro, de mostrar os bastidores da empresa, mostrando a a origem dos produtos.

– Crescimento do eCommerce em produtos frescos: Importância da pandemia para o crescimento do eCommerce de produtos frescos e a complexidade de lidar com a entrega

– Local produced to local families:

Como a produção local para famílias locais é uma solução interessante para os problemas de pegada de carbono e de alimentos ultra-processados. – Terrorismo nutricional: Assim como o ovo, o leite está passando por um momento de vilanização. Como a Agrindus e a Letti estão navegando neste contexto. – Pecuária Sustentável: A Agrindus tem uma preocupação e práticas para que a produção de leite seja sustentável. Esse cuidado vai desde a escolha do tipo de gado, manejo de água, balanceamento da dieta dos animais e tratamento / reutilização de dejetos. – Desafios da produção em larga escala: Existe uma imagem muito negativa da produção da pecuária, o Roberto demonstrou que usando a tecnologia correta é possível produzir em larga escala, em pequenos espaços com pouco impacto ambiental e cuidado do bem estar animal. – Oportunidades para empreender: tratamos de várias oportunidades para empreender no agro – rastreabilidade e origem, produção de leite, intensificação de produtividade, distribuição e venda fora dos grandes centros.

Impactado pelas anomalias do mercado causadas pela pandemia e pelas consequentes mudanças na política federal, o ano passado foi um ano misto para as receitas das cooperativas leiteiras e dos seus membros em comparação com um ano anterior.

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

newsletter

ASSINE NOSSO NEWSLETTER