No pagamento realizado em março, que remunera a produção entregue em fevereiro, o preço do leite pago ao produtor subiu no comparativo mensal.
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

No pagamento realizado em março, que remunera a produção entregue em fevereiro, o preço do leite pago ao produtor subiu no comparativo mensal. As altas nos estados do Brasil Central foram o principal fator de alta, já que nos demais estados monitorados, o cenário foi de estabilidade à queda.

 

Considerando a média nacional ponderada dos dezoito estados pesquisados pela Scot Consultoria, a alta foi de 1,0% na comparação mensal.

Na comparação anual a referência está 12,7% maior este ano.

O cenário foi de queda na captação de leite em fevereiro, na comparação mensal. As chuvas escassas no Sul e em Goiás, além dos altos custos de produção, impactaram a produção leiteira nessas regiões e refletiram no Indicador da média nacional.

Os dados parciais de março indicam recuo na captação nacional, dessa vez puxado pelo cenário de queda geral nas captações nas bacias brasileiras.

Para o pagamento a ser realizado em abril/22, referente à produção entregue em março/22, a tendência é de estabilidade à alta nos preços do leite pago ao produtor, com 58% dos laticínios pesquisados apontando para a estabilidade, 29% estimando alta e 13% falando em queda.

A tendência de alta se dá em grande parte pela concorrência entre os laticínios pela matéria-prima, observada com a alta dos preços do leite no mercado spot, além dos altos custos de produção das indústrias.

O período final da safra de capim, com algumas regiões já sofrendo com a estiagem de forma antecipada, colabora com o cenário de firmeza nos preços.

Para o pagamento a ser realizado em maio/22 (produção entregue em abril/22), a tendência é que os preços fiquem mais firmes.

“Enxugar gelo”. Você já sentiu essa interminável sensação?

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada.

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

ASSINE NOSSO NEWSLETTER