O agronegócio voltado à produção leiteira no Brasil, vem fortalecendo o segmento de forma diversificada e muito ampla. Segundo dados divulgados pelo IBGE,
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

O agronegócio voltado à produção leiteira no Brasil, vem fortalecendo o segmento de forma diversificada e muito ampla. Segundo dados divulgados pelo IBGE, a produção em 1990 era de 14,48 bilhões de litros de leite e em 2017 ampliou para 33,491 bilhões de litros. O leite é considerado um dos segmentos mais importantes do agronegócio brasileiro, sendo essa atividade praticada em todo o território nacional por mais de um milhão de produtores, presentes em aproximadamente 40% das propriedades rurais.

Santa Catarina é o quinto maior produtor nacional, com uma produção de 3,5 bilhões de litros de leite por ano. O setor cresce em torno de 8,6% ao ano no Estado, contra uma média nacional de 4,5%. O Oeste representa 75% da produção catarinense.

Entretanto, de acordo com a coordenadora da Faculdade de Tecnologia do Senai Chapecó, Josiane Betat, o setor lida com a vulnerabilidade do mercado consumidor, por exigentes e nem tão fiéis consumidores aos lançamentos ofertados. “Os modismos concorrem entre si e as empresas são desafiadas a lançar novos e inovadores produtos para este público tão exigente”.

Josiane ressalta que, com o aumento na produção leiteira, há urgência na formação de recursos humanos qualificados, seja para atuação no ensino e na pesquisa ou diretamente com os produtores e unidades industriais de leite e derivados. “Para isso, é essencial a formação de pesquisadores e profissionais técnicos aptos ao desenvolvimento de novos produtos e/ou processos, para o atendimento das demandas desse importante segmento do agronegócio”.

Alinhada a essa demanda a Faculdade Senai iniciou, no dia 24 último, uma pós-graduação inédita em Chapecó: o MBA em Inovação e Gestão da Indústria Láctea. O curso é voltado para os profissionais que buscam se especializar na área de desenvolvimento de novos produtos, no gerenciamento de processos e na implantação de tecnologias no segmento de laticínios.

Tecnologia no campo

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

ASSINE NOSSO NEWSLETTER