Associação vai disponibilizar uma plataforma para acompanhamento da emissão de gás carbônico (CO2) nas propriedades e também as certificações de vacas A2A2, bem-estar animal e de selo de rastreabilidade.
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
ABCBRH
ABCBRH oferece novos serviços aos associados em 2023

No primeiro semestre de 2023 a Associação Brasileira de Criadores de Bovinos da Raça Holandesa (ABCBRH) vai  lançar novos serviços. Em reunião realizada recentemente, a diretoria da associação definiu que irá disponibilizar aos associados uma plataforma para acompanhamento da emissão de gás carbônico (CO2) nas propriedades e também  as certificações de vacas A2A2, bem-estar animal e de selo de rastreabilidade.

Para a diretoria da ABCBRH, o destaque desse novo projeto é a questão da interligação dos serviços já realizados, como controle leiteiro e classificação, a um serviço que conecta os produtores ao impacto de sua produção no mercado, ações que visam aumento da rentabilidade das propriedades leiteiras associadas a raça holandesa.

Presidente da ABCBRH, Hans Groenwold – Fotos: Divulgação/ABCBRH

O presidente da associação, Hans Groenwold, comenta que o ano de 2022 foi importante para a raça em diversos aspectos e de muitos avanços. Greenwood considera que o ano foi produtivo tendo em vista a realização de reuniões com todos os técnicos da associação, o crescimento da demanda pelos serviços da ABCBRH em todo território nacional, e o aumento da presença da junto a instituições do governo federal.

“Realizamos reuniões junto ao Ministério de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, inclusive em uma das reuniões participou o ex-ministro da Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes, em que reafirmamos a força da raça na produção de leite nacional. Junto ao Genoma Nacional da raça, lançado em agosto, esses novos serviços vem para fechar o ano com boas perspectivas, um projeto de grande impacto para os produtores e indústria”, frisa o presidente.

Os projetos de certificação terão fazendas piloto em quatro Estados da federação: Goiás, Minas Gerais, Paraná e São Paulo e serão desenvolvidos pelo corpo técnico da brasileira e suas filiadas. Quanto ao acompanhamento da emissão de CO2 será realizado através da calculadora de sustentabilidade da Microsoft, ferramenta que permite aos responsáveis pelas propriedades fornecerem as informações necessárias para quantificar o impacto das emissões e ajudar a fomentar medidas para diminuição.

Boletim de Preços
Informe com análise e acompanhamento das variações de preços de indicadores de interesse da cadeia do leite.

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

ASSINE NOSSO NEWSLETTER