A Abraleite (Associação Brasileira dos Produtores de Leite) dará ainda mais atenção à produção orgânica.
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

 

A Abraleite (Associação Brasileira dos Produtores de Leite) dará ainda mais atenção à produção orgânica. Para tanto, criou a comissão nacional do leite e derivados orgânicos, um nicho de mercado valorizado e com crescimento de 20% ao ano, em média, no país. Neste momento de pandemia de covid-19, destaca a entidade, as vendas desse segmento tiveram alta expressiva.

Segundo o presidente da Abraleite, Geraldo Borges, o objetivo da comissão é a união e representação dos produtores de lácteos orgânicos dentro da própria associação, buscando agregar valor ao produto e derivados.

Conforme o dirigente, a partir de agora, a Abraleite poderá se focar ainda mais no atendimento às demandas desse filão do setor leiteiro, trabalhando melhor a regulamentação e a construção de políticas públicas voltadas para esse nicho de mercado.

A comissão foi criada nessa segunda-feira 22, em reunião on-line coordenada por Geraldo Borges. O coordenador do novo colegiado da Abraleite é o Claudinei Saldanha Junior, produtor de leite orgânico em São Carlos (SP) e administrador de empresas. O coordenador substituto é Ricardo Schiavinato, engenheiro agrônomo e produtor de leite orgânico em Serra Negra (SP). Aldo Dalasta, advogado, contador e produtor de leite orgânico em Brotas (SP), é o secretário, e Mário Malta Campos Dotta, economista e produtor de leite orgânico em São Carlos (SP), o secretario substituto.

De acordo com Geraldo Borges, pessoas físicas e jurídicas que tiverem o interesse em participar da comissão nacional do leite e derivados orgânicos devem enviar mensagem para o seguinte e-mail:  abraleite@abraleite.org.br

Além do novo colegiado, a Abraleite tem outras comissões nacionais, como as de leite A2 e a de queijos e derivados de lácteos artesanais. “Todas buscam à agregação de valor ao produto leite e seus derivados”, assinala Geraldo Borges.

 

Tendência é que falte matéria-prima com possível desistência da atividade leiteira

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada.

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

ASSINE NOSSO NEWSLETTER