A Associação Brasileira dos Produtores de Leite (Abraleite) reforçou, com apoio da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), o apelo à ministra da Agricultura, Tereza Cristina
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

 

A Associação Brasileira dos Produtores de Leite (Abraleite) reforçou, com apoio da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), o apelo à ministra da Agricultura, Tereza Cristina, para que o governo federal tome medidas para dar sustentação ao setor, a fim de que possa superar a crise que se agravou nas últimas semanas, com a queda do preço do litro ao produto aos pecuaristas, além do aumento das importações de lácteos e dos custos de produção elevados.

Em reunião com Tereza Cristina nessa terça-feira 1º, após a eleição da nova diretoria da FPA, o presidente da Abraleite, Geraldo Borges, voltou a defender o bloqueio das compras de lácteos de países vizinhos. “Reiterei a necessidade urgente da suspensão temporária das importações predatórias de produtos lácteos do Mercosul, que acentuaram o descontrole na cadeia láctea nacional”, disse o dirigente da associação ao AGROemDIA.

Geraldo Borges também pediu à ministra medidas para garantir o suprimento de insumos para que os produtores de leite possam alimentar seus rebanhos. “Solicitei medida emergencial de controle de abastecimento dos principais insumos (milho e soja), cuja exportação não previa estratégia de estoque mínimo para o fornecimento interno.”

De acordo com o presidente da Abraleite, o milho e a soja estão com “valores altíssimos, inviabilizando a pecuária leiteira nacional, que não tem exportações como outras cadeias de produção animal (aves, suínos e carne bovina). Esses setores encontram equilíbrio com as exportações, que acompanham a alta das cotações dos grãos.”

Conforme Geraldo Borges, Tereza Cristina disse que o Ministério da Agricultura segue fazendo estudos sobre a situação do setor leiteiro. A ministra, acrescentou ele, falou ainda sobre a necessidade de ações de médio e longo prazo, como a exportação de lácteos do Mercosul para outros mercados, “o que está sendo analisado pela área técnica do Mapa”, como forma de fortalecer a cadeia leiteira brasileira.

Além do atual presidente da FPA, deputado Alceu Moreira (MDB-RS), e do presidente eleito, deputado Sérgio Souza (MDB-PR), outros parlamentares participaram da reunião da Abraleite com a ministra. Entre eles, o deputado Ronaldo Santini (PTB-RS), um dos principais porta-vozes das reivindicações dos produtores de leite na Câmara Federal.

Campanha consumo de leite – A Campanha da 1ª Semana do Leite, prevista para ocorrer na primeira quinzena de novembro, foi o tema central da 18ª Reunião da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva de Leite e Derivados do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), realizada nesta sexta-feira (17).

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

ASSINE NOSSO NEWSLETTER