Depois de três meses de queda, o preço do leite pago ao produtor subiu no pagamento realizado em abril, referente ao leite entregue em março deste ano. 
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

 

Depois de três meses de queda, o preço do leite pago ao produtor subiu no pagamento realizado em abril, referente ao leite entregue em março deste ano.

Considerando a média ponderada dos dezoito estados pesquisados pela Scot Consultoria, houve alta de 1,4% frente ao pagamento anterior.

Na comparação anual, o produtor está recebendo 37,6% a mais esse ano.

Para o pagamento a ser realizado em maio/21 (produção entregue em abril/21), a expectativa é estabilidade a alta nos preços do leite pago ao produtor, com 58,0% dos laticínios pesquisados acreditando em estabilidade, 22% falando em alta e 19% estimando queda (laticínios no Nordeste). Vai depender da evolução da demanda.

De maneira geral, o clima (e os reflexos na produção de leite) e a demanda interna são os principais fatores de direcionamento dos preços do leite no mercado interno nos próximos meses.

Para incentivar a silagem a secretaria Municipal de agricultura está oferecendo tratores à comunidade.

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

ASSINE NOSSO NEWSLETTER