Os índices de preços do leite e derivados registraram queda em agosto, após aumentos que chegaram a 60% no acumulado de um ano. No mercado atacadista, o preço do leite Longa Vida, o "leite de caixinha", caiu 23% no mês passado e a mussarela, 15%. Já no varejo, a queda foi de quase 2%.
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
SMP
Foto: Agência Brasil

Dados são da pesquisa divulgada nesta terça-feira (27) pela Embrapa

Os índices de preços do leite e derivados registraram queda em agosto, após aumentos que chegaram a 60% no acumulado de um ano. No mercado atacadista, o preço do leite Longa Vida, o “leite de caixinha”, caiu 23% no mês passado e a mussarela, 15%. Já no varejo, a queda foi de quase 2%.

Os dados são da pesquisa divulgada nesta terça-feira (27) pela Embrapa – Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária.

Com o início das chuvas e melhor alimentação do rebanho bovino, aumentou a produção de leite em agosto, reduzindo os preços do produto. Entre as indústrias de derivados, houve uma queda de 37% nos preços no mês passado.

Segundo especialistas da Embrapa, outro fator para queda de preços é a baixa procura pelo consumidor, que teve o poder de compra dos salários comprometido devido à inflação. A variação de preços no Brasil segue uma tendência global. De acordo com a Embrapa, o preço internacional ainda está acima da média.

O Brasil produz cerca de 35 bilhões de litros de leite por ano, segundo a Pesquisa Pecuária Municipal mais recente, divulgada pelo IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. No ano passado, o destaque foi a região Nordeste, por causa do crescimento de 12% na produção. E o valor da produção nacional chegou a R$ 68 bilhões em 2021, uma alta de 21%.

Boletim de Preços
Informe com análise e acompanhamento das variações de preços de indicadores de interesse da cadeia do leite.

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

ASSINE NOSSO NEWSLETTER