Segundo Teixeira, os membros do conselho deveriam se reunir mensalmente para avaliar e aprovar os preços de referência da matéria-prima leite.
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Fonte: CuidatePlus - MARCA

O deputado estadual Zé Teixeira (DEM), apresentou indicação solicitando a reativação imediata do Conselho Paritário de Produtores e Indústrias de Leite em Mato Grosso do Sul (Conseleite), com o objetivo de auxiliar na organização da cadeia produtiva e na valorização dos produtos leiteiros, em busca de soluções conjuntas pelos produtores rurais e indústrias nos problemas comuns do setor lácteo sul-mato-grossense, visando maior clareza no estabelecimento de preços de referência para a matéria-prima leite.

Conforme informações do site da Famasul, o Conseleite é formado por 16 representantes, sendo que os membros do Conselho são indicados, paritariamente, pela Famasul (bancada rural) e pelo SILEMS (bancada industrial). Segundo Teixeira, os membros do conselho deveriam se reunir mensalmente para avaliar e aprovar os preços de referência da matéria-prima leite, “o que lamentavelmente não vem ocorrendo, prejudicando a produtividade leiteira”, afirma Teixeira.

“O Conseleite possuía órgãos de apoio, como uma Secretaria Executiva e a Câmara Técnica e Econômica – Camatec, composta por 4 (quatro) representantes dos produtores rurais, 4 (quatro) representantes da indústria e 2 (dois) professores universitários da UFPR, que realizavam estudos e pesquisas para subsidiar as decisões do Conselho. Contando, ainda, com o apoio da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva do Leite (CSCPL) e da Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (SEMAGRO). Logo, há responsabilidade do Poder Executivo Estadual na melhora da gestão e valorização do produto tão desvalorizado atualmente, sendo necessária e urgente a reativação do Conseleite”, afirma o parlamentar.

Zé Teixeira complementa. “Reconhecemos a necessidade e a importância do pleito, apresentamos esta proposição, acreditando contar com o apoio dos demais Membros deste Parlamento para a sua aprovação e, assim, beneficiar toda a cadeia da produção leiteira com valor justo para a remuneração da matéria-prima leite”, afirma Teixeira

os últimos meses o preço dos lácteos ao consumidor foi assunto em diversos canais de mídia, em todas as regiões do Brasil. Na última divulgação do IBGE, referente a inflação de julho, o leite UHT registrou alta de 25,5% ao consumidor. O grupo de leite e derivados apresentou elevação de 14%, enquanto a inflação oficial recuou 0,68%.

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada.

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

ASSINE NOSSO NEWSLETTER