No munícipio de Pequizeiro, na propriedade Dois Irmãos, o produtor rural Welyton Rodrigues é um dos beneficiários da Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) do SENAR.
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Durante as visitas, são realizadas recomendações de acordo com a realidade da propriedade e do produtor. No caso da chácara Dois irmãos, o técnico trabalhou na gestão das atividades, instalação de piquetes rotacionados, implantação de área da capineira para a estiagem, formulação de concentrado para vacas em lactação e planejamento de volumoso pra época da seca.

Segundo o técnico, com as recomendações adequadas, em pouco tempo eles já colheram os resultados, como a melhoria na qualidade do pastejo e no desempenho produtivo dos animais, além do aumento da produção. “Quando iniciamos a assistência o produtor tirava cerca de 80 litros de leite por dia e tinha uma taxa de lotação de 0,9 animais por hectare, sendo que atualmente sua produção é de 170 litros e a taxa de lotação é superior a 11 animais por hectare. Com ajuste de pastejo, o produtor pôde dar um melhor aproveitamento da área e identificar o desempenho de cada animal individualmente”, comemora.

O Produtor relembra que antes a área da sua propriedade rural não suportava todo o rebanho, sendo necessário alugar pastos no período de estiagem. “Hoje eu tenho uma visão melhor da minha atividade e melhorei minha perspectiva de vida. Quando há empenho de ambos os lados o resultado é questão de tempo”, finaliza.

As perspectivas dos fundamentos do mercado apertaram-se ainda mais do lado da oferta no último mês, com o pico de produção na NZ a permanecer mais fraco do que o esperado e a contínua pressão descendente sobre a produção de leite da UE.

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

newsletter

ASSINE NOSSO NEWSLETTER