Um vídeo postado das redes sociais da Embrapa e Epamig causou descontentamento nos produtores de queijos artesanais de leite cru.
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Um vídeo postado das redes sociais da Embrapa e Epamig causou descontentamento nos produtores de queijos artesanais de leite cru. Diversas associações do setor se uniram e emitiram uma nota de repúdio. Até o fechamento da matéria não obtivemos retorno da Sala de Imprensa da Embrapa, a matéria será atualizada assim que responderem.

Nota de Repúdio

A ComerQueijo e as Associações e Entidades abaixo listadas se unem e vêm a público repudiar a campanha apresentada pela @embrapa, @mapa_brasil, @epamigoficial e @candidotostesoficial para estimular a pasteurização do leite para elaboração de queijos artesanais.

A relação direta entre leite cru (não pasteurizado) e doenças, conforme deixa claro a referida campanha, é completamente descabida, desinformativa e preconceituosa. Nada disso é esperado de importantes instituições de pesquisa e ensino como essas, sendo algumas delas de Minas Gerais, principal estado produtor de queijo de leite cru do Brasil.

Milhares de produtores brasileiros fazem queijos com segurança e qualidade a partir do leite cru, ingrediente indispensável para a manifestação do terroir de vários queijos típicos do país, literalmente de norte a sul. Sua comercialização sustenta famílias,  preserva tradições e faz chegar alimento seguro e saudável à mesa.

Alguns dos melhores queijos feitos no Brasil e no mundo levam leite cru. Qualquer campanha de caráter educativo voltada para produtores deve não apenas orientar que sejam adotadas práticas seguras, mas também reconhecer processos produtivos já consolidados nesse sentido.

O Próximo Prêmio Queijo Brasil acontecerá em Minas Gerais e terá a participação abrilhantadora de queijos de leite cru de várias regiões brasileiras. Todos serão muito bem-vindos e valorizados!

São Paulo (SP), 26 de janeiro de 2021

Associação de Comerciantes de Queijo Artesanal Brasileiro (ComerQueijo)
Associação Mineira de Produtores de Queijo Artesanal (Amiqueijo)
Associação de Produtores de Queijo Minas Artesanal do Cerrado (Aprocer)
Associação dos Produtores Artesanais de Queijo do Serro (Apaqs)
Associação dos Produtores de Queijo Canastra (Aprocan)
Associação Regional dos Produtores de Queijo Minas Artesanal de Araxá (AQMARA)
Associação dos Produtores de Queijo Artesanal da Serra da Mantiqueira (Aproman)
Associação dos Produtores de Queijo Artesanal da Serra Geral (Aproqueijo)
Associação dos Produtores de Queijo Artesanal do Campo das Vertentes (AQMAV)
Associação de Produtores de Queijo Minas Artesanal do Triângulo (Aqmatri)
Associação dos Produtores de Queijo Artesanal de Alagoa (Aprolagoa)
Associação Paulista do Queijo Artesanal (APQA)
Cooperativa dos Produtores Rurais do Serro (CooperSerro)
Sertãobras
Associação de Produtores de Leite e Queijo do Marajó (APLQMarajó)
Associação dos Produtores de Queijo da Região de Diamantina (Aprodia)
Associação dos Produtores de Queijo e Derivados do Leite dos Campos de Cima da Serra (Aprocampos)
Associação dos Produtores de Leite e Derivados de Jaguaribe (Queijaribe)
Sindicato dos Produtores Rurais de Serro (SPRS)
Associação dos Produtores de Queijo de Jaquirana e Cambará do Sul (Aprojac)
Collectif Lait Cru
Oldways Cheese Coalition
Lacteo Network
Instituto Mexicano del Queso

No total, 57 prêmios vieram para o Brasil; produção do queijo mineiro já é reconhecido como patrimônio cultural imaterial.

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

ASSINE NOSSO NEWSLETTER