El cese del negocio se debe a que la gerente, Mercedes Queijo López, se jubila.
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Ana García

Aconteceu há mais de 70 anos. Manuel Queijo Vázquez, um solteiro de Tarambollo, decidiu criar o seu próprio negócio. Primeiro chamava-se Ferretería Mixta. Pouco tempo depois, mudou o nome comercial para Bazar Queijo, pelo qual sempre foi conhecido. Manuel era um faz-tudo e também um visionário: ele nickel-plated bicycles, equipou tubos, vidro e janelas, vendeu tinta e também ferragens e artigos domésticos. Até vendeu espigões para fazer tamancos. Pouco depois de abrir a loja, conheceu Josefa López Suárez, com quem teve uma filha, Mercedes, embora todos em Carballo a conheçam como Merche.

Com mais de quarenta anos de contribuições para a Segurança Social, ela já disse que basta e decidiu encerrar o negócio devido à reforma (ela tem 65 anos de idade). Hoje em dia a sua filha, Marta, está a ajudá-la a limpar o stock que ainda permanece nas prateleiras da loja emblemática localizada na Rúa Coruña (na esquina da Praza de Galicia), em frente ao Mexillón: “Trabalhei muito desde criança. Os meus pais ensinaram-me a trabalhar, a atender o público, que era o que eu mais gostava e do que mais sentirei falta”, disse Merche Queijo, que acrescentou: “Lembro-me de quando era pequena vender lâmpadas, muito mais do que agora, costumava pôr a tinta à venda…”. Ela também se lembra com nostalgia daqueles domingos na feira de Carballo, das multidões na rúa Coruña, dos tróleis? O pior era ter de descer à cave para colocar toda a mercadoria que entrava na loja, especialmente a loiça, “que pesava muito”.

Agora, após mais de 70 anos de actividade da empresa, Merche Queijo acredita que é tempo de a deixar para desfrutar da sua família. Os seus filhos Jorge, um fotógrafo, e Marta; o seu marido, Alfredo Varela Pose e, sobretudo, o seu único neto, a melhor coisa que, segundo ela, alguma vez lhe aconteceu.

Embora o encerramento estivesse previsto para 31 de Outubro, Merche e a sua filha Marta continuam estes dias com a liquidação do stock à tarde. Merche Queijo não quis dizer adeus sem agradecer “a todos aqueles que confiaram no Bazar Queijo durante mais de setenta anos”.

Pan Ignacio vai desembarcar nesta loja

O encerramento do Bazar Queijo significará a chegada de um novo negócio. A Mercedes Queijo confirmou que durante o primeiro trimestre do próximo ano, Pan Ignacio irá abrir as suas portas nestas instalações. Sob o nome de Pan Artesán, a firma Vimiancesa é uma das mais importantes no sector da padaria e pastelaria da Costa da Morte. De acordo com os últimos dados publicados pelo relatório Ardán, produzido pela Zona Franca de Vigo, em 2019 teve um volume de negócios de 1,11 milhões e gerou 25 empregos directos.

O preço médio da cesta de derivados lácteos variou negativamente no mês de novembro/2021. Na média ponderada, a retração foi de 7,21%, em relação dos preços observados pela indústria de laticínios no mês anterior. O resultado foi divulgado nesta segunda-feira (29/11) no Boletim de Mercado do Setor Lácteo Goiano.

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

newsletter

ASSINE NOSSO NEWSLETTER