Brasil é o 3º maior produtor de leite do mundo, superando o padrão Europeu em alguns municípios – eDairyNews Últimas notícias
Brasil |10 febrero, 2020

Leite | Brasil é o 3º maior produtor de leite do mundo, superando o padrão Europeu em alguns municípios

Alguns municípios têm volumes acima de 6 mil litros por vaca e chegam ao padrão europeu de produção, confira a análise.

Alguns municípios têm volumes acima de 6 mil litros por vaca e chegam ao padrão europeu de produção, confira a análise.

São mais de 350 municípios brasileiros que apresentam uma produtividade superior à da Nova Zelândia, que, atualmente, produz 4 mil litros por vaca.

Em 2018, a produção de leite no Brasil cresceu 1,6%, sendo o primeiro ano de crescimento do setor desde 2014, quando foi produzido o total de 35, 1 bilhões de litros. No Brasil, a produção de leite ainda é modesta e continua em um patamar relativamente baixo em relação a outros países. Contudo, ainda assim, houve um aumento significativo que deve ser destacado.

O cenário nacional é superior a outros países. São mais de 350 municípios brasileiros que apresentam uma produtividade superior à da Nova Zelândia, que, atualmente, produz 4 mil litros por vaca. Em alguns municípios, os números são ainda maiores (acima de 6 mil litros por vaca), o que se equipara ao nível de produção da Europa.

leite

A produção de leite no Brasil já ranqueia entre os três maiores produtores mundiais, ficando atrás apenas dos Estados Unidos e da Índia. Segundo especialistas da Embrapa, o país precisa ser mais competitivo para melhorar a sua posição no mercado internacional.

Ainda não foram divulgados oficialmente os números de 2019, mas o setor está otimista e aposta em um crescimento superior ao do ano anterior, mas com uma variação entre o primeiro e o segundo semestre.

No primeiro semestre de 2019, houve um aumento de 5% no volume de leite em relação ao mesmo semestre do ano anterior. Isso ocorreu devido à greve dos caminhoneiros que impactou na produção e na boa relação comercial que o produtor tem ao realizar a troca do produto.

Paraná é o segundo maior produtor de leite do Brasil, confirma IBGE

PRODUTIVIDADE – Com relação à produtividade nacional, o estado do Paraná é um dos destaques, pois teve um crescimento de 3%. Carambeí e Castro, por exemplo, produzem quatro vezes mais do que a média brasileira, que é de dois mil litros ao ano por animal – os dois municípios paranaenses produzem, respectivamente, 9 mil litros e 8, 3 mil litros por vaca ao ano.

“No Paraná, que tem 1,4 milhão de cabeças de gado leiteiro, a produtividade por animal é de 3,2 mil litros ao ano. Junto aos demais estados do Sul, o Paraná tem as maiores produtividades do Brasil”, diz o chefe do Departamento de Economia Rural do Estado (Deral), Salatiel Turra.

O setor está com expectativa em relação ao crescimento da produção de leite no ano de 2020

produtor de leite

O ano de 2018 foi desanimador para os produtores de leite. O setor encerrou o ano praticamente paralisado, com crescimento de apenas 0,5%. Já no ano de 2019, o setor não tem muito do que reclamar, mesmo que o crescimento não tenha sido muito grande. O valor do leite pago ao produtor girou por volta de R$1,36.

Os especialistas não esperam um crescimento muito grande para o ano de 2020. Contudo, ainda assim, os sinais de melhora na economia apontando para o fim da crise fazem com que o setor esteja com expectativas positivas.

De acordo com o analista da Embrapa Gado de Leite, Denis Teixeira Rocha, as previsões de crescimento do PIB para o ano de 2020 apontam para uma alta de 2,3%. O número ainda é considerado baixo, mas, segundo ele, é a melhor estatística dos últimos seis anos.

Para que o crescimento aumente nos próximos anos, é preciso investir em tecnologia para o setor. A retrospectiva do ano anterior mostra a importância de se solidificar a atividade leiteira e, para isso, é preciso investimento.

Mercado do leite: fatores que afetam os indicadores

Nos últimos cinco anos, uma diversidade de fatores vem afetando os indicadores do setor leiteiro no país, do produtor ao consumidor.

As variações de preços do leite ao longo da cadeia estão constantemente na mídia, sendo um ponto de atenção para os diferentes atores envolvidos. Entre os produtores, são comuns as discussões sobre o preço pago pelas indústrias, visto ser esse o indicador mais fácil de ser acompanhado na gestão da atividade e afetar diretamente sua renda bruta.

Estas são apenas algumas constatações divulgadas no ANUÁRIO DO LEITE 2019, da Embrapa Gado de Leite, que você vai poder conferir na matéria abaixo:

Tópicos |
Aviso legal sobre propriedade intelectual em conteúdo digital

Todas as informações contidas nestas páginas que NÃO são de propriedade da eDairy News e NÃO são consideradas "de domínio público" pelos regulamentos legais são marcas registradas de seus respectivos proprietários e reconhecidas por nossa empresa como tal. A publicação no site eDairy News é feita com a finalidade de coletar informações, respeitando as normas contidas na Convenção de Berna para a Proteção das Obras Literárias e Artísticas; na Lei 11.723 e demais normas aplicáveis.

Qualquer reivindicação decorrente das informações contidas no site eDairyNews será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, com sede na cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outra jurisdição, incluindo a Federal.

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Notas relacionadas