Resultado ainda pode aumentar, uma vez que 10 empresas participantes ainda não entregaram seus balanços. sial paris
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Tradicional participante da Sial Paris, a maior feira do setor de bebidas e alimentos da Europa, o Brasil fechou sua participação com um recorde que superou a melhor participação do país no evento, em 2018: foram US$ 2,37 bilhões em negócios, dos quais US$ 327 milhões imediatos e o restante em negociações alinhavadas no evento.

O resultado ainda pode aumentar, visto que 10 empresas participantes ainda não entregaram seus balanços.

A participação brasileira teve 128 empresas apoiadas pela Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil), 19 das quais estiveram presentes no pavilhão brasileiro liderado pela parceria com a Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne (Abiec) e 23 no pavilhão liderado pela parceria com a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA).

“Tivemos uma participação robusta neste ano. Foram 128 empresas apoiadas pela ApexBrasil e recebemos relatos promissores. Vivemos um momento de retomada do volume de negócios internacionais, é a primeira Sial presencial em quatro anos e existia uma expectativa enorme que foi atendida e superada. Isso mostra a qualidade dos produtos brasileiros e a quantidade de oportunidades que temos para expandir nossas parcerias internacionais”, avalia a gerente de Agronegócio da ApexBrasil, Paula Soares.

Uma das provas de que a Sial Paris 2022 foi proveitosa para as empresas brasileiras está no número de reuniões realizadas.

As 86 empresas com apoio direto da ApexBrasil fizeram 6334 reuniões, 4109 delas com clientes inéditos.

No pavilhão coordenado pela Abiec, foram 2303 reuniões, 918 com novos contatos.

E no Pavilhão coordenado pela ABPA, 3500 contatos, 1300 deles, novos.

“Além de terem sido muitos contatos, as empresas indicaram que foram pessoas qualificadas, realmente interessadas em fechar negócios”, detalha Paula Soares.

sial 2022

É praticamente impossível tirar certos aperitivos do gosto do brasileiro. Sabendo disso, uma pesquisa decidiu apurar um dos nossos xodós do cardápio nacional e elegeu o melhor requeijão que hoje é vendido no Brasil.

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

ASSINE NOSSO NEWSLETTER