"> Brasil reafirma meta anunciada por Bolsonaro em abril, de reduzir emissões até 2030 - eDairyNews-BR
Leite diz que em menos de dez anos, Brasil reduzirá 50% da emissão de gases poluentes.
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Joaquim Leite, ministro do Meio Ambiente - Foto: reprodução da TV.

O ministro do Meio Ambiente, Joaquim Leite, faz discurso otimista na na Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas (COP 26), em Glasgow,na Escócia, garantindo que o país avançará nas metas de reduzir a emissão de gases do efeito estufa para a década.

Leite reiterou a meta anunciada por Bolsonaro, em abril, durante a Cúpula do Clima promovida pelo presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, em evento que reuniu líderes dos 40 países mais importantes do mundo.

No discurso, o representante do Brasil reiterou a nova meta climática com redução das emissões de carbono “mais ambiciosa” já para 2030, como afirmou Bolsonaro meses atrás, com o objetivo de alcançar a neutralidade de carbono até 2050.

O ministro foi mais além: “Apresentamos hoje uma nova meta climática ainda mais ambiciosa, passando de 43% a 50% até 2030, e de neutralidade de carbono até 2050”, disse o ministro.

Joaquim Leite informa que o país tem investido em políticas de geração de energia e cita que Brasil é maior produtor de biocombustível do mundo.

O ministro também afirma que uma preocupação da gestão federal é no desenvolvimento de um agronegócio sustentável.

Acompanhamento técnico melhora todos os indicadores das propriedades.

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

newsletter

ASSINE NOSSO NEWSLETTER