Pioneira na fabricação de laticínios produzidos com o puro leite de búfala, a Búfalo Dourado inova mais uma vez e lança duas novas burratas com sabores especiais: pesto e azeitona.
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Pioneira na fabricação de laticínios produzidos com o puro leite de búfala, a Búfalo Dourado inova mais uma vez e lança duas novas burratas com sabores especiais: pesto e azeitona. A burrata é um tradicional queijo, original na região de Puglia, na Itália.

Pioneira na fabricação de mozzarella de búfala no Brasil e na produção de alimentos produzidos 100% com o puro leite de búfala, a Búfalo Dourado conta com um rebanho criado no pasto. A fazenda é uma das maiores produtores de leite de búfala do País. A marca pertence ao mesmo grupo da Tuttolatte, com as fazenda Sesmaria e Dona Búfala, localizadas no município de Amparo, interior paulista.

O lançamento dos novos produtos faz parte da estratégia da marca para se posicionar como líder no mercado premium de produção de laticínios feitos com leite de búfala no País, entre eles  queijos e laticínios especiais. “Os novos sabores foram pensados a partir do sucesso da nossa burrata trufada, que foi muito bem recebida pelo consumidor e hoje é sucesso absoluto de vendas”, diz Ricardo Cotrim Rodriguez, diretor da Búfalo Dourado. “Com o lançamento, ampliamos o nosso portfólio de produtos e solidificamos a posição da Búfalo Dourado como líder de mercado e referência em derivados de leite de búfala no Brasil.”

De acordo com estudos realizados pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), o leite de búfala possui ainda mais cálcio, vitamina A e menor concentração de colesterol do que o leite de vaca, apresentando-se como uma opção nutritiva e saudável.

Disponíveis em embalagens de 120g, as novas burratas chegam às gôndolas com preço médio de R$ 25 e podem ser encontradas nos supermercados Emporium São Paulo, Varanda, Casa Flora, Hortisabor e St Marche.

Os empresários mexicanos que se dedicam ao negócio do queijo e laticínios têm enfrentado uma situação difícil nos últimos meses.

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

newsletter

ASSINE NOSSO NEWSLETTER