Em meio ao boom de produtos proteicos, crescimento esse que já acontece há algum tempo na Europa e Estados Unidos, a Búfalo Dourado lançou o Grego- produzido exclusivamente com leite de búfala.
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Em meio ao boom de produtos proteicos, crescimento esse que já acontece há algum tempo na Europa e Estados Unidos, a Búfalo Dourado lançou o Grego- produzido exclusivamente com leite de búfala. Antes procurados quase majoritariamente por consumidores fitness, esses artigos ganham cada vez mais espaço no mercado brasileiro.

De acordo com o IRI – Instituto de Relações Internacionais da USP – o consumo de iogurtes aumentou cerca de 40% nos Estados Unidos e agora há sinais desse crescimento por aqui também. Segundo uma pesquisa realizada pela Euromonitor, agência internacional de pesquisa de mercado, o Brasil está em quarto lugar em consumo de alimentos saudáveis no ranking global e movimenta cerca de US$35 milhões por ano. Nos últimos cinco anos o crescimento nesse setor de alimentos e bebidas foi em média de 12,3% ao ano e a previsão para 2019 é que esse percentual aumente e alcance os 50%, movimentando R$110 milhões.

De olho nesse mercado crescente, a Búfalo Dourado, produtora de leite dessa espécie animal na região de Amparo, interior de São Paulo, está colocando no mercado o primeiro iogurte Grego. “Com o lançamento do Iogurte Grego, ampliamos o nosso portfólio de produtos e solidificamos a posição da Búfalo Dourado como líder de mercado e referência em derivados de leite de búfala”, afirma Ricardo Cotrim Rodriguez, diretor da Búfalo Dourado. “Identificamos uma demanda crescente por laticínios à base do leite de búfala, motivo pelo qual pretendemos introduzir novos produtos no mercado até o final deste ano.”

De acordo com estudos realizados pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), o leite de búfala possui ainda mais cálcio, vitamina A e menor concentração de colesterol do que o leite de vaca, apresentando-se como uma opção mais nutritiva e saudável. A Búfalo Dourado – do mesmo grupo da Tuttolatte, Fazenda Sesmaria e Dona Búfala – conta com um rebanho totalmente criado no pasto. A linha completa de iogurtes da marca chega às gôndolas com preço médio de R$ 6,50 ao consumidor e pode ser encontrada em supermercados como Hortisabor Itaim, St. Marche, Varanda, Santa Luzia, Empório Santa Maria e Emporium São Paulo.

Disponível em cinco sabores – Natural, Damasco, Blueberry, Morango e Maracujá – o Iogurte Grego Búfalo Dourado é preparado com ingredientes de origem garantida e com cuidados peculiares na técnica de fabricação, desde a criação do rebanho até a ordenha e transporte para as fábricas da marca.

Com 15g de proteína na versão natural e 14g nos demais sabores, um pouco mais que o equivalente a dois ovos – cada ovo possui cerca de 6,3 g –, o Iogurte Grego Búfalo Dourado apresenta, em 130g, a maior concentração de proteína entre as marcas disponíveis no mercado. Para efeito de comparação, os iogurtes gregos tradicionais apresentam, em média, de 5g a 7g de proteína em suas embalagens.

Fundamental para a saúde e boa qualidade de vida, a proteína é um nutriente que promove, entre outros benefícios, a tonificação dos músculos, redução da gordura abdominal, regulação da glicemia, fortalecimento dos ossos e do sistema imunológico.

Fonterra elevou o seu pagamento de leite aos agricultores para esta época ao mais alto nível desde a sua fundação há 20 anos, que espera venha a contribuir com mais de 13,2 mil milhões de dólares para a economia.

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

newsletter

ASSINE NOSSO NEWSLETTER