Castrolanda amplia produção de cavaco para atender demanda interna – eDairyNews Últimas notícias
Brasil |5 septiembre, 2018

Castrolanda | Castrolanda amplia produção de cavaco para atender demanda interna

Solução encontrada foi a aquisição de uma máquina da Vermeer, com a qual será possível triplicar a geração do produto de madeira

Apesar da situação econômica do País, que requer adequações no orçamento, corte de custos e revisão de planos, a Castrolanda teve a necessidade de implantar um novo projeto para atender a própria demanda de energia. Isso foi motivado por uma série de fatores, como a expansão de sua produção.

Atualmente, a Castrolanda possui unidades de negócios divididas no setor de Operações, focado nas atividades agrícola, carnes, leite, batata e feijão, e no segmento Industrial, com carnes, leite, batata e cerveja. O faturamento da cooperativa, que possui 877 cooperados e 3.153 colaboradores, foi de R$ 2,9 bilhões no ano passado.

Em função de todo este contexto, era necessário aumentar a matéria-prima energética para atender a demanda da própria empresa com o objetivo de mudar a fonte energética de caldeiras e fornalhas em algumas de suas unidades, de lenha para cavaco. Para isso, foi realizado um estudo para verificar a melhor solução. A saída encontrada foi a aquisição da máquina WC 2500 XL da Vermeer. De acordo com o engenheiro florestal da cooperativa, Gilvan Plodowski, a Castrolanda conta com uma área florestal para a produção de biomassa, especificamente o cavaco com madeira de eucalipto.

«Fizemos este projeto e inserimos a máquina da Vermeer. Ao final da análise, decidimos por comprar o equipamento. Esta foi a nossa primeira aquisição junto à Vermeer», explica o engenheiro florestal. Ele conheceu a marca durante visitas em outras empresas.

A operação da WC 2500 XL começou em junho de 2018 e, até o momento, foi possível verificar um desempenho acima do esperado inicialmente. «Tínhamos uma estimativa de custo de produção e já identificados um custo abaixo do previsto, já é um bom sinal», opina Plodowski.

Anteriormente, a Castrolanda possuía uma produção de 20 a 25 toneladas de cavaco por hora; com a máquina da Vermeer, «a produção saltou para 70 toneladas por hora. «Isso significa que, para produzir a mesma quantidade anterior de cavaco, agora levamos 22 minutos. Ganhamos tempo e eficiência. Isso impacta em toda a cadeia de produção», salienta o engenheiro  florestal. «Foi um bom ponta pé inicial nesta parceria com a Vermeer», finaliza.

Tópicos |
Aviso legal sobre propriedade intelectual em conteúdo digital

Todas as informações contidas nestas páginas que NÃO são de propriedade da eDairy News e NÃO são consideradas "de domínio público" pelos regulamentos legais são marcas registradas de seus respectivos proprietários e reconhecidas por nossa empresa como tal. A publicação no site eDairy News é feita com a finalidade de coletar informações, respeitando as normas contidas na Convenção de Berna para a Proteção das Obras Literárias e Artísticas; na Lei 11.723 e demais normas aplicáveis.

Qualquer reivindicação decorrente das informações contidas no site eDairyNews será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, com sede na cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outra jurisdição, incluindo a Federal.

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Notas relacionadas