A Castrolanda garantiu o sétimo lugar entre as maiores empresas paranaenses do agronegócio. A cooperativa ficou também entre as maiores do ramo no Brasil
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

A Castrolanda garantiu o sétimo lugar entre as maiores empresas paranaenses do agronegócio. A cooperativa ficou também entre as maiores do ramo no Brasil, segundo o Prêmio Valor 1000, realizado pela Revista Valor Econômico em parceria com a Serasa Experian e o Centro de Estudos em Finanças da Eaesp/FGV-SP.

Posições – Em comparação ao ano de 2018, a Castrolanda subiu três posições, após ver a receita crescer, e se consolida como a 11ª maior cooperativa do país. O lucro líquido foi de R$ 66 milhões, com Ebitda (lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização) de R$ 161 milhões.

Agro – A Castrolanda garantiu o 7º lugar entre as maiores empresas paranaenses do agronegócio, segundo o Prêmio Valor 1000.

Solidez – O presidente da Castrolanda, Willem Berend Bouwman fala que estes resultados são consequências dos vários anos de trabalho. “Em quase 70 anos, a Castrolanda se tornou uma cooperativa muito sólida. Além disso, estamos inseridos em uma região com altos níveis de produtividade, estas são apenas algumas das questões que nos permitem continuar com prosperidade”.

OCB – Dados da Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB), mostram que em uma década o número de cooperativas do agro cresceu 4% no Brasil. Até 2018, eram cerca de 1600 cooperativas no agronegócio, em que das 15 maiores, dez estão sediadas no Estado do Paraná.

Industrialização – Para o diretor-executivo, Seung Lee, algumas questões podem ser levadas em consideração. “A curva de crescimento da Castrolanda coincide bastante com a industrialização dos nossos processos e a consolidação das nossas fábricas. Uma das coisas que também nos favorece é o bom modelo de cooperação que permite a sustentabilidade da cadeia produtiva”, afirma.

Resultados – “Os resultados nos mostram que estamos em um Estado muito desenvolvido quando se trata do cooperativismo e do agronegócio. Isso favorece o crescimento do sistema, seja com pequenas ou grandes propriedades”, completa Willem.

Sobre a Castrolanda – O compromisso com a transformação faz parte do DNA da Castrolanda. Uma cooperativa que transforma vidas, negócios e a comunidade ao redor. Com 68 anos de história, a Cooperativa Castrolanda é formada por mais de 1100 cooperados no Estado do Paraná e interior de São Paulo. Com 3,5 bilhões de reais de faturamento e aproximadamente 3500 colaboradores, possui unidades de negócios divididas em operações agrícola, carnes, leite, batata e administração e industrial – carnes, leite, batata e cerveja. O objetivo das áreas de negócio é coordenar, desenvolver e fomentar as atividades dos cooperados, seguir presente em todos os elos da cadeia produtiva, agregar valor através das indústrias e crescer com sustentabilidade. (Imprensa Castrolanda)

 

Campanha consumo de leite – A Campanha da 1ª Semana do Leite, prevista para ocorrer na primeira quinzena de novembro, foi o tema central da 18ª Reunião da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva de Leite e Derivados do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), realizada nesta sexta-feira (17).

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

ASSINE NOSSO NEWSLETTER