Em um ano, a Liga Ventures desenvolveu mais de 50 projetos com foco em soluções inovadoras e geração de novos negócios
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Em um ano, a Liga Ventures desenvolveu mais de 50 projetos com foco em soluções inovadoras e geração de novos negócios

O ano de 2020 foi marcado por inúmeras transformações e, apesar da crise, resultou em um saldo positivo para o ecossistema de inovação. Mesmo com o cenário de incertezas provocadas pela pandemia, essa também serviu como grande catalisador para tendências que já vinham ganhando força. Estas tendências foram potencializadas nos últimos doze meses, resultando na geração de negócios entre startups e grandes empresas, que passaram a buscar soluções inovadoras para suas operações.

De acordo com um levantamento realizado pela Liga Ventures, plataforma de inovação aberta que conecta empresas e startups a fim de potencializar interações e gerar novos negócios, somente no último ano a empresa realizou doze novos programas de aceleração, com diferentes parceiros corporativos, acelerando mais de 50 startups nesse período.

Além disso, entre os meses de março de 2020 e março de 2021 foram desenvolvidos mais de 50 projetos com foco na expansão de oportunidades, envolvendo as soluções apresentadas por startups e os desafios e espaços abertos no mercado. Desta forma, empresas e startups se conectaram para dar vazão a soluções inovadoras e resolver possíveis gargalos em diferentes setores. Entre as soluções mais buscadas nesse período estão Inteligência Artificial, Analytics e Algoritmos Avançados, Novos Canais de Vendas, Customer Experience e IoT.

“Em um ecossistema de inovação, a interação e a cooperação entre os envolvidos são dois dos principais requisitos para que os negócios fluam. Apesar das desvantagens, os cenários de instabilidade abrem oportunidades para que a inovação seja acelerada e para que os laços entre empresas e startups sejam estreitados. É exatamente isso que temos visto acontecer no Brasil nos últimos meses: diversas iniciativas positivas sendo desenvolvidas nesse ecossistema, gerando negócios e oferecendo novas soluções para o mercado”, afirma Raphael Augusto, diretor de inteligência e estudos de mercado e Startup Hunter da Liga Ventures.

Cases de sucesso

Entre as empresas que passaram a olhar mais atentamente para a inovação nos últimos anos está a Danone Nutricia, empresa do grupo Danone que cuida dos produtos ligados à saúde. A fim de encontrar novas tecnologias e metodologias para seus negócios, a empresa procurou a Liga Ventures em 2020 em busca de novas oportunidades tendo como foco a aproximação com as startups e, juntos, desenvolveram um programa que ganhou o nome de Transforming Lab – Danone Nutricia.

Os temas de interesse da corporação foram Inteligência em Supply, Novos Produtos, Relacionamento com Médicos, Novos Serviços, Indústria 4.0 e Mercado Público. Ao final do período de inscrições, mais de 360 startups mostraram interesse no programa, entre prospecção direta e inscrições via chamada. Estas startups vinham de grande parte do Brasil, sendo pelo menos uma startup de cada um dos 24 estados Brasileiros e, como parte do processo de seleção, 49 startups foram entrevistadas e 17 selecionadas para o Pitch Day. Ao final do dia, cinco startups foram escolhidas para a aceleração.

No fim dos quatro meses, o projeto recebeu nota 9.65 das startups e 9.35 dos colaboradores da Danone como média final de satisfação com o programa. Mais de 110 colaboradores e 30 stakeholders externos foram impactados. Além disso, diversos pilares da corporação foram afetados, com destaque para cultura e posicionamento de mercado. Isso porque, os projetos desenvolvidos em parceria com as startups selecionadas trouxeram para a companhia um maior entendimento a respeito do futuro dos negócios e como se posicionar no mercado, tanto no sentido de novos produtos, quanto no de novos nichos com os mesmos produtos ou até mesmo novos modelos de negócio. A empresa também registrou resultados de otimização de processos internos.

Em termos de cultura, a Danone Nutricia contou com um grande envolvimento de colaboradores, lideranças e stakeholders externos, que participaram de todo o processo, criação de fast tracks e áreas de cross, o que trouxe para a companhia um novo olhar para a inovação.

Sobre a Liga Ventures

A Liga Ventures é uma plataforma de inovação aberta, que conecta empresas e startups a fim de potencializar interações e gerar novos negócios. Criada em 2015 é pioneira no mercado de aceleração corporativa e corporate venture. Ao longo dos anos, auxiliou na implementação de estratégia de inovação aberta nos principais players de diversos setores do mercado brasileiro, tais como Porto Seguro, Banco do Brasil, e Unilever. Em seu portfólio, soma mais de 250 startups aceleradas e mais de 450 projetos realizados entre essas e grandes corporações. Também conta com o Liga Insights, iniciativa de pesquisa e inteligência de mercado, cujo objetivo é mapear tendências e startups que estão inovando nos mais variados setores. Já são mais de 35 estudos, em temas como Saúde, AutoTech, Varejo, RH, EdTechs, entre outros.

Modelo de negócio assegura avanço tecnológico, aumenta produtividade e lucros de produtores.

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

newsletter

ASSINE NOSSO NEWSLETTER