Fast-Food, restaurantes e padarias estão reabrindo na China e os clientes procuram praticidade depois de semanas de confinamento, diz o executivo da Fonterra na China, Teh-han Chow.
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Fast-Food, restaurantes e padarias estão reabrindo na China e os clientes procuram praticidade depois de semanas de confinamento, diz o executivo da Fonterra na China, Teh-han Chow.

Os serviços de alimentação foram atingidos duramente durante a quarentena do covid-19 nas cidades e províncias mais populosas, mas, começaram a voltar a partir da segunda metade do mês de março.

Chow ainda não tem informações sobre abril, mas acredita que as vendas voltaram ao volume normal entre maio e junho.

Mais de 95% das lojas do Starbucks e de outros restaurantes ocidentais reabriram e bolos, doces e bebidas ricas em creme como chá macchiato possuem grande procura.

“As lojas abriram mas os trânsito de clientes ainda não voltou ao normal”.

Chow participou de uma videoconferência do Executivo da Fonterra na Nova Zelândia, Miles Hurrell.

Ele estava de férias nos Estados Unidos quando o vírus Covid-19 atingiu Wuhan e cidades chinesas começaram a estabelecer restrições para viagens.

Sua família permaneceu nos EUA quando ele retornou para a China para lidar com os 1.800 empregados nos difíceis meses de janeiro, fevereiro e início de março.

Nenhuma equipe da Fonterra na China, incluindo os nove residentes em Wuhan, além de todos os trabalhadores das fazendas de leite da China, foi  contaminada pelo Covid-19, disse ele.

As vendas dos produtos da Fonterra na China, pelo comércio eletrônico, aumentaram antes e nos primeiros dias do controle de circulação de pessoas.

“Houve pânico inicial, e compras para estoque de fórmulas infantis, manteiga, creme de leite e queijo”.

Durante a quarentena, os chefs da Anchor Food Professionals fizeram vídeos com foco nos clientes de serviços de alimentação e transmitiram também para os consumidores presos em casa. Esses vídeos atraíram milhares de espectadores, disse Chow.

O lockdown foi um momento para tentar coisas novas, algumas das quais podem não funcionar.

As vendas de ingredientes da Fonterra e os embarques para a China ficaram estáveis em todo primeiro trimestre de 2020, embora a liberação na alfândega tenham diminuído.

Campanha consumo de leite – A Campanha da 1ª Semana do Leite, prevista para ocorrer na primeira quinzena de novembro, foi o tema central da 18ª Reunião da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva de Leite e Derivados do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), realizada nesta sexta-feira (17).

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

ASSINE NOSSO NEWSLETTER