Delegação esteve na Fazenda Mutum, em Alexânia (GO).
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) participou, na terça (5), da visita de uma comitiva de representantes da Índia à Fazenda Mutum, no município de Alexânia (GO), a 90 km de Brasília.

A propriedade é referência na produção de leite e comercialização de genética da raça Gir Leiteiro, originária do país asiático.

Os produtores Leo Machado e Bruno Machado mostraram todo o processo produtivo ao grupo e aos diplomatas representantes da embaixada da Índia no Brasil.

A comitiva, acompanhada pelo ministro conselheiro da Embaixada da Índia no Brasil, Baisnab Pradhan, está no país com o intuito de ter mais informações sobre a pecuária leiteira brasileira em razão da demanda crescente do país asiático por produtos lácteos.

A assessora de Relações Internacionais da CNA, Elena Castellani, acompanhou a delegação e ressaltou que a comitiva demonstrou interesse no modelo de melhoramento genético brasileiro, com técnicas que permitem a adaptação dos animais ao clima tropical e maior produtividade por animal.

Elena explicou que uma das frentes de atuação da CNA é a diversificação da pauta exportadora do Brasil de produtos do agronegócio brasileiro.

“Receber comitivas como essa da Índia é um importante passo para diversificação das exportações brasileiras, além de ser uma excelente oportunidade de demonstrar a força do agro brasileiro com todas as suas potencialidades. A visita na propriedade permitiu que eles tivessem o contato direto com o produtor”.

Estiveram na visita técnica o assessor executivo da Embaixada da Índia, Vinicius Rodrigues; o vice-presidente administrativo da Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg), Armando Rollemberg e o colaborador do Instituto CNA, Eduardo Jardim.

O rigoroso controle de custos e as melhorias de produtividade permitem que a Danone compense até certo ponto o aumento dos custos.

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada.

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

ASSINE NOSSO NEWSLETTER