A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) realizou, na segunda (7) e terça-feira (8), uma reunião com integrantes e representantes da cadeia produtiva para discutir estratégias e ações para o setor.
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
cadeia produtiva
CNA reúne integrantes da cadeia produtiva da pecuária de leite para debater estratégias e ações

Na pauta foram debatidos temas como os preços e os custos de produção, gestão financeira da atividade leiteira e exportações de lácteos. A reunião foi conduzida pelo presidente da Comissão Nacional de Pecuária de Leite da CNA, Ronei Volpi, e pelo assessor técnico da CNA, Guilherme Souza Dias.

imagem
Ronei Volpi, presidente da Comissão Nacional de Pecuária de Leite da CNA

“Realizamos uma reunião ampliada do setor trazendo toda a cadeia produtiva para construirmos um plano de ação bastante prático e pragmático, com o que precisamos fazer para o país, com estratégias diferentes para cada região para continuarmos tendo sucesso na nossa atividade”, disse Ronei Volpi.

Os temas prioritários discutidos na reunião também servirão para balizar o trabalho do Sistema CNA/Senar em prol dos produtores.

O superintendente do Senar Minas, Christiano Nascif, afirmou que os debates na reunião foram importantes para “criar um plano de ação que vai reverberar positivamente na cadeia do leite. São medidas estruturantes que foram discutidas para que possamos, de fato, aumentar cada vez mais a competitividade da cadeia do agro do Brasil”.

imagem
Superintendente do Senar Minas, Christiano Nascif

Setor – Segundo o Censo Agropecuário 2017, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Brasil possui 1,1 milhão de propriedades leiteiras, sendo que 71% delas produzem até 50 litros de leite por dia.

De acordo com dados da Pesquisa Pecuária Municipal (PPM/IBGE), de 2020, são produzidos por ano mais de 35 bilhões de litros de leite. Nos últimos 20 anos, a produção cresceu 80% e o número de vacas ordenhadas foi reduzido em 10%, o que mostra a eficiência da atividade leiteira no Brasil.

A produção está distribuída principalmente nos estados de Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul, Goiás e Santa Catarina. Juntos, correspondem a quase 25 bilhões de litros, conforme o PPM 2020.

Boletim de Preços
Informe com análise e acompanhamento das variações de preços de indicadores de interesse da cadeia do leite.

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

ASSINE NOSSO NEWSLETTER