Existem mais de 30 vacarias pertencentes à comunidade neerlandesa atualmente em Portugal continental e a maioria destes produtores de leite decidiu enviar uma carta à Embaixada dos Países Baixos em Portugal, de forma a sensibilizar e informar sobre as enormes dificuldades que o setor atravessa em Portugal.
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

De acordo com a Associação dos Produtores de Leite em Portugal (APROLEP), a maioria das vacarias desta comunidade são de empresas agrícolas familiares de média e grande dimensão. Nos Países Baixos, o preço de referência para maio foi de 52,5 cêntimos/kg leite na Friesland Campina, o que representa uma diferença superior a dez cêntimos para o valor médio pago em Portugal continental aos produtores. Este preço de referência é ajustado todos os meses.

Na carta enviada à embaixada, foram explicados os aumentos de custos, agora com a agravante da guerra e a falta de valor que o produto tem na chegada ao consumidor, existindo uma dificuldade negocial enorme entre produção, indústria e distribuição.

Em resposta a este apelo dos produtores holandeses, as responsáveis pelo sector agrícola das embaixadas da Holanda na Península Ibérica, Paula Geadas (Portugal) e Nina Berendsen (Espanha) visitaram a vacaria da família Pronk & Derks, no concelho de Odemira, no dia 3 de maio, estando também presente Maaike Smits, representando a APROLEP.

“O objetivo foi mostrar “in situ” a produção nacional, expor de uma forma pessoal as preocupações do setor e pedir a intervenção e sensibilização do Ministério da Agricultura português por parte da Embaixada”, declara a APROLEP.

Também ainda inserido na agenda de visitas, no dia 4 de maio, as representantes visitaram a vacaria de Sjaak Brouwer e Mirjam Buil, em Elvas, onde são produzidos os iogurtes artesanais “DaVaca”. “Mais uma vez aqui também foram expostas as dificuldades que todo o setor atravessa e também apontada a necessidade de um bom marketing e constante inovação na transformação de produtos para apelar aos consumidores”, nota a associação.

 

Encontro acontece esta sexta-feira e conta com a presença do secretário de Estado da Agricultura, Rui Martinho.

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada.

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

ASSINE NOSSO NEWSLETTER