O preço do leite ao produtor em fevereiro fechou pela primeira vez em seis meses abaixo de R$ 2 por litro – a “Média Brasil” líquida foi de R$ 1,9889/litro.
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

O colunista Gustavo Batista traz toda semana na coluna “Agro Minuto”, o que no mundo do agronegócio.

PREÇO DO LEITE

O preço do leite ao produtor em fevereiro fechou pela primeira vez em seis meses abaixo de R$ 2 por litro – a “Média Brasil” líquida foi de R$ 1,9889/litro. Com isso, a baixa no acumulado do primeiro bimestre chegou a 7,5%. Os dados são do Cepea.

CUSTO BOI CONFINADO

Os preços recordes do boi magro e dos grãos nestes primeiros meses de 2021 mostram que este ano deve ser novamente desafiador a pecuaristas terminadores. De acordo com o levantamento do Cepea, a média de preços do boi magro comercializado no estado de São Paulo neste mês está próxima de R$ 4.600,00/cabeça, alta de 5% frente à do mês anterior e quase 21% acima da registrada em março do ano passado. Quanto ao milho, está em R$ 89,98/saca, com avanços reais de 7,2% frente à de fevereiro/21 e de significativos 24% em relação à de março do ano passado. Estes itens de maiores custos podem chegar a representar de 90% a 95% dos gastos totais, dependendo da região do País.

SAFRA DO CAFÉ

Chuvas foram registradas na maior parte das regiões produtoras de café arábica e robusta nas últimas semanas. Segundo pesquisadores do Cepea, ainda que a quebra de safra seja certa para 2021/22, as precipitações têm favorecido o enchimento dos grãos, o que pode permitir, ao menos, cafés com boa peneira nesta próxima temporada.

O preço do leite ao produtor em fevereiro fechou pela primeira vez em seis meses abaixo de R$ 2 por litro
Foto: ReHagro

PREÇO DO TOMATE

Levantamento da Conab aponta tendência de queda nos preços da batata e tomate em março. Em São Paulo, a queda para a cotação do fruto praticada em fevereiro chegou a 26%. Já o tubérculo teve uma redução ainda maior, chegando a próximo de 52% no Rio de Janeiro. Esse movimento registrado no mês passado tende a se repetir em março.

PREÇO DO LIMÃO

As demandas doméstica e externa por lima ácida tahiti, o limão, estão enfraquecidas neste mês. O setor tem dificuldades nas exportações e menor consumo devido à segunda onda de covid-19 no Brasil. Esse cenário, junto ao aumento da oferta de frutas provenientes de segunda florada, tem resultado em quedas nos preços da tahiti. Na parcial desta semana, a tahiti é comercializada à média de R$ 17,09/caixa de 27 kg, colhida, baixa de 27,5% em relação à da semana passada

Levantamento da Conab aponta tendência de queda nos preços da batata e tomate em março
Foto: Carlos Costa

COMÉRCIO CEASAS

Em todo o ano passado, a comercialização de frutas e hortaliças nas Ceasas brasileiras movimentou mais de R$ 42,2 bilhões, com o escoamento de aproximadamente 16,35 milhões de toneladas de produtos. Se comparada com o ano de 2019, a quantidade de frutas e hortaliças comercializada nos entrepostos atacadistas apresentou uma retração na ordem de 2,85%. Destaque para a queda na comercialização de hortaliças folhosas. Este subgrupo registrou um percentual 14,3% abaixo do verificado em 2019. Contribuíram para essa dinâmica, a elevada perecibilidade dessas hortaliças, conjugada às medidas de isolamento e distanciamento social, adotadas no país, como forma de reduzir a disseminação do novo coronavírus.

INÍCIO OUTONO

O Outono no Hemisfério Sul começou no dia 20 de março. Neste período, as chuvas ficam mais escassas no interior do Brasil, em particular no Semiárido nordestino e no norte de Minas Gerais. Na parte norte das regiões Nordeste e Norte, ainda é época de chuvas volumosas, principalmente se houver a persistência da Zona de Convergência Intertropical mais ao sul de sua posição climatológica.

Outra característica é a incursão de massas de ar frio, vindas do sul do continente, que provocam a queda de temperatura, principalmente na Região Sul e parte da Região Sudeste.

O outono marca o fim da safra de laranja e o início das colheitas de cana e de café.

O Outono no Hemisfério Sul começou no dia 20 de março. Neste período, as chuvas ficam mais escassas no interior do Brasil

Inventados para aliviar o trabalho nas salas de cura, eles ajudam na metamorfose dos queijos suíços.”

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

ASSINE NOSSO NEWSLETTER