O deputado federal Ronaldo Santini (PTB-RS) quer que seja estabelecida no Rio Grande do Sul uma data para que os produtores saibam qual o preço do litro do leite a ser pago pelos laticínios
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

 

O deputado federal Ronaldo Santini (PTB-RS) quer que seja estabelecida no Rio Grande do Sul uma data para que os produtores saibam qual o preço do litro do leite a ser pago pelos laticínios nos 30 dias seguintes à entrega do produto, a exemplo do que foi feito recentemente em Goiás, onde ficou acertado que o anúncio ocorrerá sempre no dia 25.

“É preciso ter um mínimo de previsibilidade para o produtor”, diz o parlamentar gaúcho, acrescentando que o setor enfrenta uma crise estrutural que se agravou nos últimos cinco anos, com a queda do preço do leite pago ao produtor sempre no segundo semestre.

De acordo com Santini, as dificuldades enfrentadas pela cadeia produtiva do leite serão discutidas na próxima semana durante a Expointer, em Esteio (RS).

Um dos articuladores do debate, informou o deputado, é o prefeito Marcelo Arruda, de Barra do Rio Azul, que também é vice-presidente da Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs).

Para o parlamentar gaúcho, é necessário criar políticas públicas de apoio à cadeia do leite, que reúne cerca de 1,2 milhão de produtores em todo o país. “Temos que valorizar o nosso produto e o nosso produtor.”

Santini entende que o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) deve buscar, junto com a equipe econômica, uma forma de frear as importações de leite, especialmente dos países Mercosul, e de desonerar os produtores, tendo em vista o peso da carga tributária nos custos de produção.

Tecnologia no campo

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

ASSINE NOSSO NEWSLETTER