Consumidor final está pagando mais caro no litro do leite longa vida mas pequeno produtor do Estado não consegue competir.
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Com a alta no litro do preço do leite longa vida nos supermercados devido a inúmeros fatores e entre eles o aumento no custo de produção e fatores climáticos e o deputado estadual Jair Montes (Avante) indicou a elaboração de estudos e adoção de providências, em caráter de urgência, à Secretaria de Estado da Agricultura (SEAGRI),visando à liberação de recursos para aquisição de 10 (dez) tanques para resfriamento de leite, destinados à Associação dos Produtores de Leite localizada no Município de Porto Velho.

Na indicação insta ainda, dizer que, a colaboração do Governo de Rondônia proporcionará, indubitavelmente, melhorias para os produtores de leite em escala local, sendo uma grande alternativa para assegurar o aumento da produtividade e da lucratividade das propriedades rurais, bem como a arrecadação de impostos.

Jair Montes destaca que este benefício é importante para os pequenos produtores rurais, uma vez que vai ajudar inúmeras famílias da região, além de fomentar a produção do leite.

“Esse suporte aos pequenos produtores é de extrema importância porque conheço de perto as dificuldades que eles enfrentam, tendo em vista que a conservação do produto se torna mais durável dentro dos resfriadores, fator que irá permitir maior qualidade na venda do leite.”

Conseleite Rondônia alerta que outros parâmetros são considerados pelo mercado para estabelecer o valor final do leite a ser pago ao produtor.

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada.

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

ASSINE NOSSO NEWSLETTER