Apesar do reajuste de 20% no produto, em agosto deve haver novo aumento de preços.
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
preço
O aumento acumulado do longa vida dos últimos 30 dias já chegou a quase 20%,

O preço do leite, que já está bastante alto, deve sofrer um novo reajuste em agosto. O aumento acumulado do longa vida nos últimos 30 dias já chegou a quase 20%, segundo a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas.

A nova alta, que deve chegar a 15%, está sendo incorporada, gradualmente, pelas indústrias, devendo ser percebida pelo consumidor já nas próximas semanas.

Além da elevação dos custos de produção, outra razão apontada pelos produtores para o reajuste é o período de entressafra, quando as condições das pastagens são mais difíceis. O aumento no preço do leite provoca queda no consumo:

“Acabei de tirar o leite do carrinho. Desisti. Vamos fazer suco de fruta e café puro mesmo. Não tem jeito de comprar”, disse Antônia Alves.

Eva Barcelos disse que compra apenas um litro por semana. “Tive que mudar a marcar”, afirmou. Essa foi a mesma estratégia de Ronaldo Miranda. “Não pode faltar em casa, tem criança. A caixa mais barata é R$5,99”, completou.

“A mais cara, hoje, está girando, em torno, de R$ 8,80. A mais barata custa R$5,99. Essa marca custava R$ 2,99. Assustadora a situação”, acrescentou.

É praticamente impossível tirar certos aperitivos do gosto do brasileiro. Sabendo disso, uma pesquisa decidiu apurar um dos nossos xodós do cardápio nacional e elegeu o melhor requeijão que hoje é vendido no Brasil.

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

ASSINE NOSSO NEWSLETTER