O evento teve a participação de 86 convidados.
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Foto: Agencia Gustavo Lima A13

Foi realizado em Rio Piracicaba o I Encontro Técnico sobre  Produção de Queijo Minas Artesanal pela Equipe Local da Emater deste município com o apoio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Agricultura da Prefeitura de Rio Piracicaba.

O evento teve programação completa que se iniciou pela manhã, com uma Oficina de Produção de Queijo Minas Artesanal – QMA, nas dependências da Queijaria Trilhos do Ferro, recentemente aprovada pelo IMA. A oficina foi ministrada pelos coordenadores estaduais da Emater-MG, Erick Flores Fernandes e Maria Edinice Soares e contou com a presença de vários produtores de QMA da região.

Pauta

À tarde o evento teve início com a abertura oficial do evento com a participação do Prefeito de Rio Piracicaba  – Augusto Henrique, da vice-prefeita Aparecida Araújo, da secretária de Meio Ambiente e Agricultura Daiana X Mendes Pinto Coelho, da Gerente Regional da Emater Minas de Ponte Nova Graciela Pires Lazarinni, do agricultor familiar que gerencia a Queijaria Trilhos de Ferro Pedro Henrique Araújo Caldeira e do Chefe do Escritório Seccional de Rio Piracicaba do IMA Carlos Rogério Santana Andrade, do presidente da Associação dos Produtores de Queijo Minas Artesanal da Região de Entre Serras da Piedade ao Caraça e diretor do Santuário do Caraça Padre Luís Carlos do Vale, técnicos da Emater Minas responsáveis pelos escritórios locais de Rio Piracicaba, Santa Barbara, Caeté, Barão de Cocais, Catas Altas e Dionísio.

Durante a abertura foi levantada a importância do QMA na região como alternativa de  geração de renda que permite ao agricultor familiar agregar valor à produção de leite que atualmente passa por uma crise e de permitir a expansão do turismo rural como hoje é feito na Queijaria Trilhos de Ferro, a criação de uma rota de produtores de queijos da região e por fim como um atrativo para a sucessão familiar em uma região dominada por mineradoras nas atividades rurais. A propriedade Recanto Paraíso, localizada na Zona Rural de Rio Piracicaba na comunidade de Ponte Novinha é um ótimo exemplo sendo administrada pela terceira geração da família.

Após a abertura foi realizada palestra sobre a Importância do QMA para diversificação do Setor Rural de Rio Piracicaba pela coordenadora estadual da Emater Minas Maria Ednice Soares  que levantou exemplos de sucesso de regiões caracterizadas como produtoras de QMA em Minas Gerais e o potencial transformador nas propriedades que produzem essa iguaria que tem um alto valor agregado e como Rio Piracicaba que conta com primeira queijaria (Trilhos de Ferro) certificada pelo IMA e com selo Arte pelo Ministério da Agricultura servirá como referência para municípios próximos.

Passos

Em seguida foi realizado o Dia de Campo com ações que foram desenvolvidas ao longo de três anos de assistência técnica pelo escritório local da Emater de Rio Piracicaba divididas em quatro estações:

1- Instalações e Boas Práticas de Ordenha no Curral da Propriedade Recanto Paraíso -ministrada pelo extensionista agropecuário, engenheiro agrônomo Gustavo Caldeira Victer Barbosa e pelo Coordenador Regional de Pecuária Manuel Lúcio Pontes Morais, onde foi mostrado o “antes e depois” do curral e como assistência técnica e as mudanças realizadas pelos proprietários resultou em um salto de qualidade do leite produzido;

2- Saneamento Rural e Tratamento da Água com Clorador – ministrada pela extensionista de Bem Estar Social, economista Doméstico Ana Maria Silva, demonstrando a implantação da fossa séptica com círculo de bananeiras que substituiu uma fossa negra que era usada anteriormente na propriedade e assim reduziu a zero as possibilidades de contaminação do lençol freático, também  foi demonstrado  o processo de cloração na caixa d´água da propriedade que é usada na queijaria e demais dependências.

3- Processo de Legalização e História –  foi um relato do produtor Pedro Henrique Araújo e sua mãe, responsável pela produção do  queijo, Maria Goretti Araujo, mostrando o “passa a passo” para legalização do da Queijaria Trilhos de Ferro.

4- Instalações da Unidade de Processamento da Quehttps://www.emater.mg.gov.br/ijaria –  ministrada pela coordenadora regional de Bem Estar Social Sheilla Lourdes de Oliveira Forza –  onde  demonstrou os detalhes do projeto técnico e de  construção sob  aprovação do IMA  e a sua importância para o fluxo de produção de um QMA de qualidade.

Após as estações do Dia de Campo, foi reinaugurada a Quitanda  “Venda Velha” local de comercialização do QMA produzido pela Trilhos de Ferro e demais produtos típicos da região como doces, cachaça, quitandas, etc. Foto: Gustavo Lima Agencia A13

O evento teve a participação de 86 convidados, entre produtores, técnicos da Emater Minas, representantes do IMA, funcionários das prefeituras de Rio Piracicaba, Santa Bárbara, Barão de Cocais e Catas,  Banco do Brasil e demais autoridades.

Em comemoração ao aniversário do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas, o Sebrae publicou o livro “50 Anos de Pequenos Negócios e Grandes Histórias”.

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

ASSINE NOSSO NEWSLETTER