A Embrapa Gado de Leite promove, entre os dias 22 e 30 de outubro, o Vacathon, maratona de inovação do setor do leite e derivados.
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

A Embrapa Gado de Leite promove, entre os dias 22 e 30 de outubro, o Vacathon, maratona de inovação do setor do leite e derivados. Inspirada no conceito de Hackathon, imersão de programação, tem como objetivo o fomento da inovação de processos no mercado do leite e da aproximação de pesquisadores e mercado.

As equipes multidisciplinares são selecionadas pelas universidades. Alunos e professores passam oito dias junto ao corpo técnico da Embrapa, empresários e especialistas do setor. O grupo fica conectado 24 horas e tem disponíveis debates, cursos, mentorias, encontros e lives já que o evento ocorre totalmente virtual.

A programação de abertura do Vacathon 2020 tem a participação de José Luiz Tejon, Top of Mind de RH e uma das maiores autoridades nas áreas da gestão e agronegócio, os ex-ministros de Agricultura, Pecuária e Abastecimento Roberto Rodrigues e Alysson Paulinelli, entre outras personalidades do mundo agro.

Em vídeo, eles registraram mensagens aos participantes. Tejon dirige-se ao pesquisador e inovador: “É você que vai olhar para o infinito que há entre os números. Mantenha sempre a juventude e curiosidade dentro de você. Aquele que vai para ao futuro é o que vai aprender, aprender e aprender! Isso é sinônimo da criança grande e eterna que nos habita. E a Embrapa tem autoridade para falar para o campo e também para a sociedade urbana” comenta.

Roberto Rodrigues destaca a importância troca de saberes entre as gerações que compõe o agronegócio e, especialmente, a presença feminina para o desenvolvimento: “É impressionante a qualidade dos jovens que se formam em ciências agrárias. Especialmente as meninas. Elas têm provocado uma mudança na gestão. E com a tecnologia da informação temos aprendido com a moçada a dar saltos muito grandes na produtividade e na qualidade do mercado”.

Alysson Paulinelli reforça a importância do Brasil na inovação: “Confie na ciência. A ciência é grande arma que temos para transformar o mundo. E o conhecimento está aí, na Embrapa, nas universidades. Nossos talentos humanos têm condições de ocupar os mais importantes espaços de pensamento no mundo” comenta entusiasmado.

A escolha das melhores soluções criadas durante a competição será feita via Internet, com a participação direta do público, em formato de reality show. A transmissão será em tempo real pelo canal da Embrapa no Youtube, além do Facebook e na Repileite.

Os temas deste ano seguem três eixos: FoodTech, Inovação e Empreendedorismo e Transformação Digital. Estão inscritas equipes de 27 universidades. Pela primeira vez na história do evento, participarão equipes de 3 universidades de Angola e Argentina. Todos os dias, os participantes terão um cronograma de conteúdos virtuais disponíveis no canal de conteúdo do evento, o Milktube. Também será oferecida mentoria virtualmente.

No ano passado, em 36 horas, estudantes elaboraram um método para a identificação da mastite (inflamação nas glândulas mamárias da vaca que causa grandes perdas na produção leiteira). “A Milcup é uma caneca com sensores eletrônicos que realiza a contagem de células somáticas, responsáveis pela formação de tecidos e órgãos, que é o principal indicador de mastite. A leitura é realizada na hora e sem a necessidade de reagentes. Basta colocar o leite na caneca”, explica Sérgio Luís de Castro Júnior, engenheiro de biossistemas e mestrando do Núcleo de Pesquisa em Ambiência (Nupea), da Esalq–USP Piracicaba. O pesquisador é um dos membros da equipe de vencedora do primeiro lugar do Vacathon 2019 pela criação da Milcup.

Ideas For Milk

O Vacathon é um dos eventos que compõe o movimento por inovação Ideas For Milk, que também engloba outros 3 eventos independentes que acontecem desde 2015: Caravana (visita a universidades), Desafio de Startups(fomento do negócio da pesquisa do mercado do leite) e Prêmio de Inovação (reconhecimento de propostas inovadoras). Uma proposta de revolução digital rumo ao leite 4.0.

Indústria do leite no Brasil

Segundo a Embrapa Gado de Leite, o Brasil é o quarto país no mundo em produção leiteira, gerando 34,8 bilhões de litros de leite inspecionado em 2019, registrando 2,7% de aumento frente a 2018. Em 2019, a cadeia leiteira empregou 4 milhões de trabalhadores no país e 1,1 milhão de produtores gerando um faturamento estimado de R$ 105 bilhões.

Quem faz o Ideas For Milk

O Ideas for Milk é uma realização da Embrapa Gado de Leite, em parceria com Agripoint, Bovcontrol, Ciatécnica, Texto Comunicação. Conta com o patrocínio de Sebrae, Tetrapak, Boehringer Ingelheim, TIM, Vaccinar, FAEMG/Inaes, Sistema Ocemg, Ssistema OCB, Silemg, Nestlé, CLAAS, DSM/Tortuga, ABDI, JA Saúde Animal, Piracanjuba, Vivalácteos, Belgo Bekaert, SENAR/GO, ABIQ, Alta Genetics, Abraleite e Vivare. Apoio da Microsoft, KER Innovation e Revista Balde Branco.

Inventados para aliviar o trabalho nas salas de cura, eles ajudam na metamorfose dos queijos suíços.”

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

ASSINE NOSSO NEWSLETTER