Com o conceito de “Igual, só que melhor”, a Vida Veg vai lançar, em julho deste ano, o VegMilk, leite vegetal igual ao leite de vaca em nutrição e cremosidade, só que mais saudável e sustentável
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

O VegMilk tem o mesmo valor nutricional de um leite de origem animal e gera menor impacto ambiental em sua produção

Com o conceito de “Igual, só que melhor”, a Vida Veg vai lançar, em julho deste ano, o VegMilk, leite vegetal igual ao leite de vaca em nutrição e cremosidade, só que mais saudável e sustentável, sem usar animais na sua cadeia de produção. Um produto que veio para revolucionar o mercado de leites do Brasil.

Em termos nutricionais, um copo de 200 ml do Veg Milk traz o mesmo valor de proteína (6,2g) e cálcio (244mg) de um leite de vaca. O diferencial é que o produto é enriquecido com biocálcio orgânico, magnésio e vitaminas D e K2, além de outros suplementos, para garantir a melhor absorção para a saúde óssea.

Comparativo 

VegMilk    (200 ml)

Leite de vaca* (200ml)

Proteínas (g) 

Igual

6,2

6,2

Caseína (g) 

100% menos

0

4,9

Carboidratos (g) 

70% menos

2,2

9,2

Lactose (g) 

100% menos

0

9,2

Gorduras totais (g) 

igual

5,9

5,9

Cálcio (mg) 

igual

244

244

Sódio (mg) 

25% menos

86

114

*média obtida de 5 marcas de leite de vaca do mercado brasileiro 

O novo produto da Vida Veg ainda é opção para os intolerantes à lactose e alérgicos à proteína do leite. Ele tem zero lactose, caseína e colesterol, além de 70% menos carboidrato na comparação com um leite tradicional.

Tudo isso reflete em um produto mais saudável e inclusivo, atendendo a todos que querem tomar leite.

VegMilk vs. Leite de vaca

A Vida Veg declarou “aposentadoria para as vaquinhas” com um leite 100% vegetal que não usa animais na sua produção, além de ser mais sustentável pois utiliza, aproximadamente, metade da água na comparação com o leite de origem animal na sua produção, além de precisar de 94% menos terra e emitir 78% menos gases do efeito estufa em toda a cadeia. Sendo assim, não faltam motivos para trocar o leite animal.

O VegMilk é produzido em Lavras, Minas Gerais, e chega para impulsionar ainda mais a produção de leite vegetal no estado berço do leite de vaca.

Segundo levantamento anual do IBGE, divulgado em outubro de 2020, Minas Gerais, maior produtor de leite do Brasil, bateu recorde de litros produzidos em 2019. Foram 9,4 bilhões de litros, aumento de 5,7% em relação ao ano anterior. O estado representou 27,1% dos 34,8 bilhões de litros da produção nacional.

É nesse mesmo estado que fica a fábrica da Vida Veg, a maior e mais moderna no segmento de alimentos frescos refrigerados a base de vegetais.

Campanha consumo de leite – A Campanha da 1ª Semana do Leite, prevista para ocorrer na primeira quinzena de novembro, foi o tema central da 18ª Reunião da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva de Leite e Derivados do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), realizada nesta sexta-feira (17).

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

ASSINE NOSSO NEWSLETTER