No Chile uma parceria entre a Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA), a Embaixada do Brasil em Santiago e a Associação Brasileira de Laticínios (Viva Lácteos) possibilitou a presença dos cafés nacionais na Espacio Food & Service Chile 2022, feira de alimentos mais importante desse país vizinho, que ocorreu de 27 a 29 de setembro na capital chilena.
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
empresas

Uma das maiores feiras internacionais para a indústria de base do setor calçadista, a Lineapelle/Simac Tanning Tech, deve gerar mais de US$ 4,7 milhões para as empresas brasileiras participantes.

O valor, que é o dobro da mais recente participação nacional, em 2020, está em relatório da Associação Brasileira das Empresas de Componentes para Couro, Calçados e Artefatos (Assintecal) e da Associação Brasileira das Indústrias de Máquinas e Equipamentos para os setores do couro, calçados e afins (Abrameq).

Estas entidades organizaram a participação nacional por meio do By Brasil Components, Machinery and Chemicals, programa de apoio às exportações do setor – mantido pelas associações em parceria com a ApexBrasil.

A mostra, que reuniu mais de 1,1 mil expositores de todo o mundo, a maior parte da Europa, aconteceu entre os dias 20 e 22 de setembro, em Milão.

Participaram da Lineapelle/Simac, com o apoio do By Brasil Components, Machinery and Chemicals, as empresas OTB, Formas Kunz, SystemHaus, NBN, Michelon, Bremm Peck e Tubox Magma.

CHILE

No Chile uma parceria entre a Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA), a Embaixada do Brasil em Santiago e a Associação Brasileira de Laticínios (Viva Lácteos) possibilitou a presença dos cafés nacionais na Espacio Food & Service Chile 2022, feira de alimentos mais importante desse país vizinho, que ocorreu de 27 a 29 de setembro na capital chilena.

Como ação do projeto setorial “Brazil. The Coffee Nation”, desenvolvido pela BSCA e a ApexBrasil, a participação do país se deu em uma estrutura composta por bancada e cafeteria no evento.

Lá os empresários realizaram 30 contatos comerciais, todos com novos clientes, os quais geraram US$ 1,1 milhão em negócios presenciais e a perspectiva para a concretização de mais US$ 2,2 milhões ao longo dos próximos 12 meses.

Cada vez mais, a gastronomia tem se valido dos cafés especiais nas receitas de renomados chefes de cozinha. É uma tendência que vem ampliando o mercado para os cafés especiais do Brasil.

“Essa foi a primeira vez que a BSCA levou associados à principal feira alimentar do Chile, com este enfoque”, comenta Vinicius Estrela, diretor executivo da entidade.

“A ação, certamente, auxiliará o crescimento do interesse chileno pelos cafés do Brasil, já que o feedback recebido durante a feira foi muito positivo”, finaliza.

Boletim de Preços
Informe com análise e acompanhamento das variações de preços de indicadores de interesse da cadeia do leite.

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

ASSINE NOSSO NEWSLETTER