A distribuidora Enel está instalando equipamentos em 28 fazendas do município de Bela Vista de Goiás, atendendo a uma reivindicação antiga dos criadores.
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email


Energia solar deve minimizar perdas de produtores de leite em Goiás

Energia solar deve minimizar perdas de produtores de leite em Goiás

Um projeto de instalação de energia solar em 28 fazendas na cidade de Bela Vista de Goiás (GO), deve ajudar os produtores de leite a minimizar perdas.

A região, que possui uma das principais bacias leiteiras do estado, sofre com quedas constantes de energia elétrica que prejudicam a produção.

Sem energia, os tanques de resfriamento, ordenhadeiras e outros equipamentos não funcionam bem. E o leite parado nos tetos é um prato cheio para a mastite, uma inflamação na mama das vacas, que contamina o leite e causa desconforto no animal.

Além disso, com o leite acumulado, o corpo entende que está sobrando e as vacas passam a produzir menos.

“Nós tivemos aqui 26 horas sem energia e perdemos o leite. Não perdemos totalmente porque a cooperativa deu conta de socorrer e pegar. Mas as vacas caíram a produção e, até hoje, a gente está tentando voltar à produção que estava e o problema de mastite“, conta o produtor e veterinário Gercimon Benedito Gomes.

Ele é da Fazenda Saturno, uma das propriedades onde estão sendo instalados equipamentos de geração de energia pela empresa de distribuição de energia Enel.

A instalação atende a uma antiga reivindicação da Cooperativa dos Produtores de Bela Vista de Goiás (Cooperbel). Em dezembro, criadores chegaram a realizar protestos na sede da Enel por causa das quedas de energia.

Implantação

O projeto de eficiência energética consiste na instalação de 16 placas solares, 20 baterias para o armazenamento de energia excedente e um sistema de aquecimento solar da água usada na limpeza do tanque e equipamentos de ordenha.

No kit também estão incluídas a troca de lâmpadas incandescentes ou fluorescentes por lâmpadas LED econômicas, que duram mais. Além da substituição da geladeira antiga por outra nova, com o intuito de reduzir o consumo de energia.

No total, o investimento da Enel será de R$ 10 milhões, inicialmente.

Para incentivar a silagem a secretaria Municipal de agricultura está oferecendo tratores à comunidade.

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

ASSINE NOSSO NEWSLETTER