A Federação dos Trabalhadores na Agricultura em Rondônia (Fetagro) e a Federação da Agricultura e Pecuária de Rondônia (Faperon) apresentaram uma proposta em reunião na segunda-feira às indústrias de laticínios para colocar fim a greve dos produtores de leite.
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Entidades da agricultura propõem escalonamento de preços do leite, mas indústrias ofertam 5 centavos a mais no litro

A Federação dos Trabalhadores na Agricultura em Rondônia (Fetagro) e a Federação da Agricultura e Pecuária de Rondônia (Faperon) apresentaram uma proposta em reunião na segunda-feira às indústrias de laticínios para colocar fim a greve dos produtores de leite. Pelo acordo, as empresas pagariam R$ 1,60 no mês de maio referente a abril; R$ 1,70 no mês de junho referente a maio; e R$ 1,80 no mês de julho referente a junho. Em contrapartida, o Governo zerava a alíquota do ICMS sobre o leite e o transporte do produto durante 90 dias. Os laticínios e a área tributária do Estado ficaram de estudar a alternativa, mas desde já as empresas já sinalizaram não ter condição de ultrapassar o valor de R$ 1,30 nos próximos meses.

A ideia é aumentar em 5 centavos o valor do litro de leite pago ao produtor sobre o preço referencial anunciado pelo Conseleite e que foi fruto de um estudo da Universidade Federal do Paraná. Esse patamar será mantido pelos próximos três meses.

A crise do leite envolveu a classe política, produtores e empresários. Em Nova Mamoré, o prefeito Marcelio Brasileiro (DEM) conversou com produtores da Linha 23 pedindo a volta das entregas para o laticínio Tradilac, localizado em Nova Dimensão, que está pagando acima dos R$ 1,25 referenciais do Conseleite. Os produtores disseram que poderiam entregar o leite para o Tradilac, mas descartaram qualquer negociação com o Italac.

Campanha consumo de leite – A Campanha da 1ª Semana do Leite, prevista para ocorrer na primeira quinzena de novembro, foi o tema central da 18ª Reunião da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva de Leite e Derivados do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), realizada nesta sexta-feira (17).

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

ASSINE NOSSO NEWSLETTER