A instalação do Laticínios Maná, no município de Glória de Dourados, tem previsão de gerar mais de 100 empregos diretos.
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Glória de Dourados
Recursos do Estado potencializam desenvolvimento econômico e social de Glória de Dourados

A construção da nova unidade será concluída em até um ano e meio, e começa operando com seis produtos, como iogurte, leite longa vida, e depois chegar até 12.

Mas você sabia que a instalação desse empreendimento no município foi possível graças ao apoio do Governo do Estado?

Através do Pró-Desenvolve (Fundo Estadual Pró Desenvolvimento Econômico), a administração estadual transferiu R$ 3,6 milhões para a prefeitura, e tornou  possível a instalação do empreendimento no município.

Mas os investimentos do Governo do Estado em Glória de Dourados já superam os R$ 46 milhões, contribuem para o desenvolvimento econômico da cidade e promovem o bem-estar social à população.

Nos últimos sete anos de gestão do governador Reinaldo Azambuja, o município recebeu importantes obras nas áreas de infraestrutura e habitação, como o recapeamento e drenagem em diversas vias da cidade. Já na área rural, a construção de uma ponte de concreto sobre o Rio Pirajuí potencializou a logística e deu mais competitividade aos produtores rurais, do pequeno ao grande.

Entre as obras que seguem em andamento, está a restruturação da rodovia MS-475, entre Glória de Dourados e Ivinhema, no trecho que é usado para quem quer encurtar o tempo de viajem ao Paraná. O investimento na rodovia soma-se aos investimentos do Governo do Estado na estruturação de outras ligações da região da Grande Dourados, como a pavimentação da MS-378, entre Fátima do Sul e Caarapó, a restauração da MS-156 e a pavimentação da MS-477, em Dourados.

É praticamente impossível tirar certos aperitivos do gosto do brasileiro. Sabendo disso, uma pesquisa decidiu apurar um dos nossos xodós do cardápio nacional e elegeu o melhor requeijão que hoje é vendido no Brasil.

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

ASSINE NOSSO NEWSLETTER