Antes, o programa para compra de leite atendia apenas Estados da região Nordeste e Minas Gerais.
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
produtores
Estado recebe R$ 1,2 milhão para adquirir leite de produtores familiares

Mato Grosso do Sul recebeu R$ 1,2 milhão para adquirir leite de pequenos produtores e repassar para instituições sócio-assistenciais. Os recursos são oriundos do PAB (Programa Alimenta Brasil) e é exclusivo para a compra de leite.

Assim, Mato Grosso do Sul passa a integrar o grupo de Estados atendidos por essa modalidade do Programa, que era destinado apenas à região Nordesde e a Minas Gerais.

A Agraer (Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural) fará o cadastramento dos produtores aptos a comercializar o leite pelo programa.

Um dos requisitos é que sejam residentes em municípios que figurem no mapa de situação de insegurança alimentar.

De acordo com a coordenadora de Agricultura Familiar da Semagro, Karla Nadai, as compras ocorrerão durante todo o ano de 2023, até se esgotarem os recursos, e o valor pago ao produtor acompanha o preço do litro do leite no varejo.

Mato Grosso do Sul já opera com a modalidade do PAB Compra com Doação Simultânea para aquisição de hortaliças e alimentos processados (pães, bolachas, bebidas lácteas, mandioca congelada) de agricultores familiares.

Esses produtos também são repassados para instituições sócio-assistenciais. Nos últimos três anos foram adquiridos aproximadamente 500 toneladas de alimentos de 560 produtores e distribuídos para 12.270 famílias, perfazendo investimento de R$ 3.423.000,00.

Boletim de Preços
Informe com análise e acompanhamento das variações de preços de indicadores de interesse da cadeia do leite.

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

ASSINE NOSSO NEWSLETTER