Crise nos EUA está a levar famílias a medidas drásticas.
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
© Facebook

Os EUA uma escassez sem precedentes de leite em pó, deixando muitas famílias em situação de desespero. É o caso de Mac Jaehnert que percorreu mais de 1.500 quilómetros para comprar leite para a sua filha bebé MacKenzie.

“Tem sido um desafio frustrante, arrebatador e desnecessário para uma criança que já teve de passar por tanto”, disse este pai à CNN, naquele que será o sentimento partilhado por tantos outros pais no país.

O encerramento da fábrica Abbott, principal fabricante de fórmula infantil dos Estados Unidos, em fevereiro provocou interrupções contínuas na cadeia de abastecimento dos fabricantes de leite em pó, deixando menos opções nas prateleiras em grande parte das lojas do país.

A escassez de leite em pó levou os retalhistas a limitarem a quantidade de embalagens que os clientes podem comprar e forçou algumas famílias a trocar e a vender o alimento na Internet.

Neste caso, a família deparou-se com a falta do produto Similac NeoSure na cidade de Richland e nos seus arredores, o que obrigou o homem a percorrer milhares de quilómetros.

Depois de a sua história se ter tornado pública, a família felicita-se pelo facto de a marca ter doado gratuitamente embalagens do produto em causa, mas apela a que outras marcas façam o mesmo, doando as suas fórmulas a bancos alimentares solidários.

A retirada voluntária do produto da Abbott foi desencadeada por quatro doenças verificadas em bebés que consumiram o leite em pó da fábrica do Michigan. Todas as quatro crianças foram hospitalizadas com uma infeção bacteriana rara, tendo dois morrido.

Após uma inspeção de seis semanas, os investigadores da FDA publicaram uma lista de problemas em março, com padrões sanitários e de segurança e um histórico de contaminação bacteriana.

Perante a situação, o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, viu-se obrigado a intervir.

“Estou entusiasmado por vos dizer que o primeiro voo da Operação Fly Formula está carregado com mais de 70 mil libras [mais de 31 mil quilos] de fórmula infantil estão prestes a aterrar em Indiana”, escreveu, este domingo, o presidente norte-americano no Twitter.

A Casa Branca já tinha dito estar a trabalhar com todos os principais produtores de leite em pó (fórmula) para aumentar a produção, incluindo entrar em contacto com os seus fornecedores para incentivá-los a priorizar o fabrico e a entrega de ingredientes de leite artificial.

O mercado de importação de leite em pó no Mercosul é impulsionado pelo Brasil como o maior importador.

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada.

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

ASSINE NOSSO NEWSLETTER