Existir, até existe. Mas é difícil obter o leite, e o resultado (descrito como “salgado” e “arenoso”) não justifica o investimento.
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Existir, até existe. Mas é difícil obter o leite, e o resultado (descrito como “salgado” e “arenoso”) não justifica o investimento. O excêntrico fazendeiro holandês Erik Stegink – que já saiu nas notícias por instalar um escorregador em uma piscina de lama para diversão de seus suínos – ordenhou porcas em 2015, e fez queijo com o leite.⠀

Como era um pedaço de queijo raríssimo, ele leiloou a peça e doou o dinheiro para caridade. Stegink explicou que só repetiria a experiência sob encomenda, e cobraria mais de R$ 8 mil por kg. É que as porcas dão pouquíssimo leite (são 40 h de ordenha para conseguir 10 litros e fazer uma peça de 1 kg), e o alto teor de proteína dificulta a fabricação

Em nosso belo Instagram, leitores apontaram que na região Sul do país é possível encontrar, com certa frequência, queijo de porca à venda nas beiras de estrada – mas que a matéria-prima do produto banha de porco temperada, e não leite.

Uma pesquisa mais aprofundada revelou que o tal queijo, na verdade, não leva só banha, mas também miúdos e outras partes do porco que não são aproveitadas para receitas convencionais. Ou seja: apesar do nome, se trata de um embutido, e não de um queijo. Quem estiver interessado na composição e no valor nutricional da iguaria pode dar uma lida neste artigo científico.

 

 

 

 

Campanha consumo de leite – A Campanha da 1ª Semana do Leite, prevista para ocorrer na primeira quinzena de novembro, foi o tema central da 18ª Reunião da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva de Leite e Derivados do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), realizada nesta sexta-feira (17).

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

ASSINE NOSSO NEWSLETTER