Exportações – Em valores, as exportações brasileiras de produtos lácteos NCM04 de janeiro a março de 2022 subiram 74,5% em relação ao mesmo período de 2021. É o melhor resultado para o primeiro trimestre do ano desde 2017
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Exportações – Em valores, as exportações brasileiras de produtos lácteos NCM04 de janeiro a março de 2022 subiram 74,5% em relação ao mesmo período de 2021. É o melhor resultado para o primeiro trimestre do ano desde 2017.

No mês de março mesmo, o crescimento foi apenas 1,3%, mas houve aumento de 66,6% em janeiro e de 192,5% em fevereiro.

 

Esse desempenho foi puxado pelas exportações de produtos da classificação NCM 0402 nos dois primeiros meses do ano, já que as exportações em março foram quase imperceptíveis.

Embora os queijos tenham representado nesses 3 meses de 2022, somente 27,8% dos valores exportados de produtos lácteos, eles tiveram o melhor desempenho desde 2013 nesse período.

O maior exportador mundial de queijos, a União Europeia (UE) enfrenta queda na produção de leite por diversos motivos (restrições ambientais, aumento de insumos e energia, falta de mão de obra, redução do tamanho dos rebanhos, etc). Assim, o mercado internacional de queijos encontra-se com a demanda reprimida, favorecendo as exportações brasileiras.

As exportações brasileiras de produtos lácteos no primeiro trimestre de 2022 foram para mais de 70 mercados diferentes, sendo os dois maiores Argélia (32,6%) e Cingapura (22,8%). Depois, estão mercados importantes como Chile (6,5%), Rússia (4,7%), Uruguai (4,1%), Argentina (3,9%) e Estados Unidos da América (3,9%).

 

 

os últimos meses o preço dos lácteos ao consumidor foi assunto em diversos canais de mídia, em todas as regiões do Brasil. Na última divulgação do IBGE, referente a inflação de julho, o leite UHT registrou alta de 25,5% ao consumidor. O grupo de leite e derivados apresentou elevação de 14%, enquanto a inflação oficial recuou 0,68%.

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada.

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

ASSINE NOSSO NEWSLETTER