No município de Rochedo, a 80 km de Campo Grande, agricultores relataram estar sem energia em suas fazendas,  a angústia começou segunda-feira à noite (15) e se estende até hoje.
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

 

No município de Rochedo, a 80 km de Campo Grande, agricultores relataram estar sem energia em suas fazendas,  a angústia começou segunda-feira à noite (15) e se estende até hoje.  Segundo informaram, com o maquinário, estão fazendo contato todos os dias pedindo o reparo à Energisa, sem êxito.

Lázaro Motti, de 72 anos, proprietário da fazenda Matão, afirma que essa já é a terceira vez que falta luz neste ano. Em fevereiro, cita, teve de jogar 300 litros de leite fora, pois sem energia é possível manter o produto armazenado.

“Eu já tive que jogar 300 litros de leite fora, hoje vou jogar outros 300, sou eu e mais 10 vizinhos pra frente, todo mundo ligando ” conta o senhor.

A neta do trabalhador, Gabriela Motti, de 15 anos, moradora em Campo Grande, conta que não consegue contato com os avós pois os celulares estão descarregando e estão fazendo de tudo para guardar a carga restante. “Meus avós já são de idade, e isso preocupa, sempre que um deles está mal de saúde, recebemos a notícia pelo telefone”, explica.

Segundo a Energia, a interrupção no fornecimento de energia foi ocasionada por descarga atmosférica. A empresa diz que a solicitação só entrou no sistema da concessionária ontem pela manhã, às 6h19.

Equipes estiveram no local e a energia foi restabelecida, às 12h43. Nesta quarta-feira (17/3), nova solicitação foi realizada e uma equipe foi direcionada para avaliar a causa da falta de energia – CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS

O preço do leite captado em junho e pago aos produtores em julho avançou 19,1%, chegando a R$ 3,19 por litro.

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada.

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

ASSINE NOSSO NEWSLETTER