Evento ocorreu no dia primeiro de junho, Dia Mundial do Leite, e contou com um público presencial de aproximadamente 140 pessoas e no on-line mais de mil visualizações. Entre os temas abordados estiveram o mercado, tendências e os grandes desafios na área do leite.
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

A Frimesa em parceria com o Jornal O Presente Rural de Marechal Cândido Rondon reuniu líderes, profissionais e produtores do leite para um dia de qualificação, discussão e debate sobre o desenvolvimento da produção leiteira. O evento ocorreu no dia primeiro de junho, Dia Mundial do Leite, e contou com um público presencial de aproximadamente 140 pessoas e no on-line mais de mil visualizações. Entre os temas abordados estiveram o mercado, tendências e os grandes desafios na área do leite.

O diretor-presidente da Frimesa, Valter Vanzella, apresentou as unidades de lácteos, do qual, uma delas está localizada em Marechal Cândido Rondon e reforçou o papel da cooperativa, na industrialização e agregação de valor a matéria-prima. “Ajudamos o Paraná a se tornar o segundo maior produtor de leite. A Frimesa é a terceira maior indústria do Paraná de lácteos e décima maior em captação de leite no Brasil. Somos precursores do desenvolvimento da cadeia na região Oeste aplicando programas de fomento e melhoramento genético do rebanho junto com nossas filiadas”, conta.

Dados

São 5.504 propriedades rurais brasileiras que produzem o leite, com crescimento médio de 2,85% ao ano. Só na região Sul produz em média por ano 13,5 bilhões de litros de leite. No Paraná são produzidos em média 4,4 bilhões de litros ao ano, o que corresponde a 13,6% do volume nacional.

De acordo com o secretário estadual de Agricultura e Abastecimento, Norberto Ortigara, o futuro do leite dependerá de unir forças com ações em tecnologia, planejamento, sanidade, qualificação, negociações e captações de investimentos. “Construímos um ambiente sanitário adequado e, agora, precisamos qualificar o leite e fortalecer o que é relevante nele como a gordura e proteína evoluindo também litro de leite vaca dia, litro de leite vaca lactação. O leite precisa tornar-se uma cadeia exposta para o mundo”, avalia.

O pesquisador da Embrapa Gado de Leite, Paulo Martins e o coordenador da Câmara Setorial de Leite da OCB, Vicente Nogueira Netto, trouxeram dados sobre a tendência do setor e as perspectivas macroeconômicas da cadeia.

 

Boletim de Preços
Informe com análise e acompanhamento das variações de preços de indicadores de interesse da cadeia do leite.

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

ASSINE NOSSO NEWSLETTER