A empresa Coles – a gigante australiana de supermercados – tem acordos em vigor para produção de leites e queijos com sua marca. O leite para os produtos "Coles" é obtido diretamente de fazendeiros nos estados de Victoria, Nova Gales do Sul, Austrália Meridional e Austrália Ocidental.
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

 

A empresa Coles – a gigante australiana de supermercados – tem acordos em vigor para produção de leites e queijos com sua marca. O leite para os produtos “Coles” é obtido diretamente de fazendeiros nos estados de Victoria, Nova Gales do Sul, Austrália Meridional e Austrália Ocidental. E a empresa está em processo de implementar uma estrutura semelhante na Tasmânia.

Para a produção de queijos, a Coles está recrutando produtores de leite dos estados de Victoria, Autrália do Sul e Nova Gales do Sul.

Mudando a paisagem da pecuária leiteira

Atualmente, o queijo australiano com a marca Coles é feito com leite obtido de laticínios da Austrália. Essas empresas compram o leite dos fazendeiros, por meio de contratos que permitem ao processador definir o preço ao produtor.

Sob o novo modelo de fornecimento, a Coles oferecerá um preço diretamente aos produtores. Ela pagará ao processador Saputo para fazer queijo da marca Coles em suas 2 instalações (no estada de Victoria) a partir do leite fornecido pela Coles sob um contrato de processamento denominado (toll processing agreemnet) pedágio.

A compra direta de leite dos fazendeiros muda o panorama da pecuária leiteira na Austrália. A Coles pode determinar o preço que oferece aos produtores. Até agora, foram os processadores que definiram os preços. E na maioria dos casos eles ainda fazem. A Coles já contratou 60 das 5.700 fazendas leiteiras na Austrália.

A nova estrutura oferece à Coles segurança de abastecimento e relacionamento direto com os produtores de leite. A gigante dos supermercados já tem milhares de contratos de fornecimento direto com fazendeiros australianos no setor de carne de gado, ovos e produtos frescos, bem como no mercado de alimentos embalados e hortifruti.

400 milhões de litros de leite

Este modelo no setor de laticínios foi lançado com sucesso na Austrália do Sul e Austrália Ocidental em 2020, com todo o leite fresco da marca Coles – em ambos os mercados – vindo de produtores diretamente contratados em seus respectivos estados.

Atualmente a Coles tem mais de 60 fazendas leiteiras australianas fornecendo leite para ela, sob acordos de contratação direta. Ao comprar diretamente, para a produção dos queijos com a marca Coles, a empresa espera aumentar esse número para cerca de 100 fazendas australianas em todo o país, fornecendo mais de 400 milhões de litros de leite à rede de supermercados todos os anos.

A Coles oferece aos produtores de leite os mesmos preços para cada sólido, independentemente de como o leite é usado. Coles disse ao Dairy News Australia que tem preços separados para proteína e gordura. O preço que os produtores recebem varia de acordo com sua produção. Coles fornece aos produtores uma estimativa de renda, se eles estiverem interessados no abastecimento.

Os produtores que fornecem diretamente para a Coles não têm mais relação com o laticínio. Seu contato é o Departamento de Leite da Coles. Os produtores de leite obtêm preços fixos para seu leite e os acordos não incluem cláusulas de aumento e queda de preços. De acordo com a Coles, os agricultores que assinaram contratos com a Coles preferem fixar um preço mínimo de longo prazo porque isso lhes dá a confiança de que precisam para planejar o futuro.

Sustentabilidade, divisor de águas para a fazenda leiteira

O modelo de fornecimento direto também dá à Coles a chance de trabalhar em seu compromisso de investir em um futuro sustentável para o setor de laticínios australiano. Os produtores de leite que têm um contrato direto com a Coles ingressarão automaticamente no Grupo de Desenvolvimento de Leite Sustentável da Coles. Com este grupo, a Coles investe diretamente em projetos de sustentabilidade rural em consulta com produtores de leite.

A empresa fornece máquinas mastatest, desfibriladores para a fazenda, relatórios de mercado e percepções, como atualizações do mercado de feno e grãos, planos de negócios seguros para COVID, máscaras e desinfetante e está realizando uma série de testes.

Os produtores de leite que fornecem diretamente para a Coles podem decidir entre contratos de um, dois ou três anos, com preços transparentes. O produtor de leite Peter Delahunty, de Alvie, no oeste de Victoria, diz que seu contrato de fornecimento de três anos com a Coles, assinado em julho de 2020, foi uma virada de jogo para sua fazenda de gado leiteiro.

“Ter acesso direto à equipa da Coles Dairy foi importante para o meu negócio”, afirma. “A certeza financeira de um preço de três anos e o sustento diário de minha fazenda tem sido o melhor que experimentei em minha carreira agrícola de 46 anos.”

Feedback positivo

O produtor de leite do sul da Austrália, Glenn Dohnt, de Monteith, diz que a assinatura de um contrato de longo prazo para fornecer leite diretamente para Coles no ano passado deu certeza para a fazenda leiteira de sua família em Monteith, onde ordenha 700 vacas. “Há muito tempo esperávamos por um contrato de fornecimento como o da Coles”, explica. “É o ajuste perfeito para nós.”

De acordo com Charlotte Rhodes, gerente geral da Coles para o leite, o sucesso da compra direta do leite da marca Coles e o feedback positivo dos produtores de leite levou à expansão do modelo para o queijo australiano da marca Coles.

“Sempre que fomos ao mercado para comprar leite diretamente dos produtores, a resposta foi muito positiva”, enfatiza Rhodes. “Nós realmente valorizamos os relacionamentos que temos sido capazes de construir com nossos fornecedores de produtores de leite.”

 

Campanha consumo de leite – A Campanha da 1ª Semana do Leite, prevista para ocorrer na primeira quinzena de novembro, foi o tema central da 18ª Reunião da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva de Leite e Derivados do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), realizada nesta sexta-feira (17).

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

ASSINE NOSSO NEWSLETTER