O governador Eduardo Leite visitou, na manhã da quarta-feira, dia 21 de abril de 2021, a sede do Instituto Caldeira, em Porto Alegre.
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

O governador Eduardo Leite visitou, na manhã da quarta-feira, dia 21 de abril de 2021, a sede do Instituto Caldeira, em Porto Alegre. Acompanhado do secretário de Inovação, Ciência e Tecnologia, Luís Lamb, Leite foi recebido pelo diretor executivo Pedro Valério.

“É um local muito inspirador e que nos deixa muito entusiasmado. Uma iniciativa que pretende fomentar a economia criativa, com incentivo a tecnologia e inovação, e promoção de novos talentos entre nossos jovens. O Instituto Caldeira está olhando para o futuro, estimulando a criatividade do povo gaúcho, cujo talento já conhecemos bem. É uma iniciativa que tem todo apoio do governo do Estado”, destacou Leite.

Depois de conhecer as instalações do instituto, Leite participou de reunião, entre outros assuntos, sobre a propagação de conhecimento na área de inovação e tecnologia na rede pública de ensino. A reunião contou com a participação de integrantes do conselho deliberativo do Instituto Caldeira e do economista Aod Cunha.

O governador manifestou a intenção de marcar uma nova reunião, desta vez com participação de todo o secretariado, para discutir possibilidades de inovação em cada uma das pastas que compõem a estrutura do governo do Estado.

O Instituto Caldeira, localizado no Quarto Distrito, é um hub que reúne iniciativas e parceiros ligados à nova economia, a fim de conectar grandes empresas a startups. A instituição foi fundada por 39 empresas com o objetivo de promover a inovação.

Os pilares do Caldeira são o apoio e fomento a iniciativas que querem reter, atrair e formar talentos no capital humano do RS, a promoção de atividade e ferramentas que auxiliem empresas em suas transformações digitais, além da conexão do poder público com a nova economia.

Inventados para aliviar o trabalho nas salas de cura, eles ajudam na metamorfose dos queijos suíços.”

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

ASSINE NOSSO NEWSLETTER