O projeto busca recursos para fomentar junto aos produtores atividades técnicas de capacitação, registros dos animais e os controles
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

O projeto busca recursos para fomentar junto aos produtores atividades técnicas de capacitação, registros dos animais e os controles

A Associação dos Criadores de Gado Holandês do Rio Grande do Sul (Gadolando) esteve reunida na última sexta-feira, 5, com o secretário de Agricultura Familiar e Cooperativismo do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Fernando Schwanke. Participaram do encontro o presidente da entidade, Marcos Tang, e o superintendente técnico, José Luiz Rigon, além do deputado estadual Edson Brum (MDB).

Segundo Tang, foram mostradas as atividades que a Gadolando executa e a diferença que existe entre o gado holandês registrado na sua produtividade em nível nacional e a vaca comum, considerada pelo IBGE. “Mostramos que se formos pelo lado de registro, controle genealógico, controle leiteiro e classificação morfológica, podemos produzir mais com menos animais”, destaca.

O projeto visa recursos para fomentar junto aos produtores atividades técnicas de capacitação, registros dos animais e os controles. “Falamos dentro daquela filosofia que só melhoramos o que conhecemos bem. Entregamos um projeto para que possamos incrementar estas ações técnicas dentro da porteira, lá na casa do produtor desde o início, registro da terneira, controle, acompanhamento, sem jamais esquecer a sanidade”, observa o presidente da Gadolando.

O dirigente salienta que a proposta foi bem recebida pelos participantes da reunião e será analisada para posterior implementação. O momento do setor lácteo e as dificuldades enfrentadas pelos produtores de leite também foram explanadas à Schwanke durante o encontro e medidas foram debatidas para deixar o produtor menos vulnerável.

Inventados para aliviar o trabalho nas salas de cura, eles ajudam na metamorfose dos queijos suíços.”

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

ASSINE NOSSO NEWSLETTER