Ação é realizada em conjunto com a Serramar, cooperativa com 800 produtores que produzem 200 mil litros de leite por dia.
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

O Instituto Biológico (IB) e a APTA Regional farão um novo treinamento do Programa de Sanidade e Agricultura Familiar (Prosaf) na área de qualidade do leite em 20 de dezembro, a partir das 7h30, na região do Vale do Paraíba, em São Paulo. Nesta ação, os pesquisadores e médicos-veterinários da cooperativa Serramar visitarão duas propriedades rurais para identificar os problemas enfrentados pelos produtores e pensar em um cronograma de treinamento para auxiliá-los em 2022.

A Serramar conta com 800 cooperados que produzem diariamente 200 mil litros de leite. “A partir dessa primeira visita do Prosaf, os médicos-veterinários da cooperativa e os pesquisadores do IB e APTA Regional poderão identificar os principais problemas enfrentados na área de sanidade e propor treinamentos que poderão ajudar a resolvê-los”, afirma Harumi Hojo, pesquisadora do IB e uma das coordenadoras do Prosaf.

A primeira visita contará com a participação das pesquisadoras do IB, Alessandra Nassar, Vanessa Castro e Liria Okuda, que atuam na área de diagnóstico de doenças bacterianas, agentes causadores de doenças relacionadas à reprodução e viroses de bovídeos, respectivamente. O pesquisador da APTA Regional de Pindamonhangaba, José Roberto Pereira, que atua na área de carrapatos, também participará da visita técnica.

Prosaf
O Programa de Sanidade em Agricultura Familiar (Prosaf) é organizado pelo Instituto Biológico em parceria com a APTA Regional, Coordenadoria de Desenvolvimento Rural Sustentável (CATI/CDRS), cooperativas e associações de produtores. O objetivo é desenvolver ações em curto, médio e longo prazo para transferir conhecimento e gerar tecnologias nas áreas de sanidade animal, vegetal e ambiental, atendendo a demanda dos pequenos produtores rurais.

Criado em 2009, o programa já treinou mais de três mil pessoas em diversos municípios paulistas. “Nosso foco é promover a sanidade e a sustentabilidade da agricultura familiar. Os pequenos e médios produtores têm um papel muito importante para a produção de diversos alimentos que chegam à mesa da população. Sabemos, porém, que esse público carece de tecnologias adaptadas às suas condições, por isso, o Prosaf busca compartilhar conhecimento para melhorar a produção e, consequentemente, a qualidade de vida desses agricultores”, afirma Antonio Batista Filho, pesquisador do IB e um dos coordenadores do programa.

A temperatura percebida está intimamente ligada à temperatura do ambiente que, juntamente com a umidade relativa, aumentam no verão.

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

newsletter

ASSINE NOSSO NEWSLETTER