De acordo com Paulo Molinari, analista de mercado, a medida de importação tem potencial limitado para resolver os problemas do setor
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

De acordo com Paulo Molinari, analista de mercado, a medida de importação tem potencial limitado para resolver os problemas do setor

O indicador Cepea apontou preço do milho a R$ 47,54 por saca no fechamento dos negócios nesta segunda-feira, 25, é o maior valor nominal desde o início de agosto de 2016. A falta de milho faz o mercado considerar a importação como alternativa para abastecer o Brasil, mas de acordo com a Safras & Mercado a medida tem potencial limitado.

“Importação é um dos modos de ajustar o preço interno do grão como alternativa de abastecimento, que é sempre a importação, ainda mais com o câmbio rompendo a barreira dos R$ 4,25 como observado nesta terça-feira. Ou seja, a importação pode até ser uma alternativa para o primeiro semestre, mas certamente ela não é uma solução a curto prazo’, afirmou o analista de mercado, Paulo Molinari.

Podemos convoca o governo regional a “arregaçar as mangas” e comprar ações em empresas estratégicas para garantir suas raízes no território.

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada.

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

ASSINE NOSSO NEWSLETTER