Importações de leite em maio caem pela metade na comparação com 2019 – eDairyNews Últimas notícias
Pará |18 junio, 2020

Leite | Importações de leite em maio caem pela metade na comparação com 2019

As Importações brasileiras de leite e derivados em maio foram de 48 milhões de litros, o que representa queda de 53% em relação ao volume importado em maio de 2019.

 

As Importações brasileiras de leite e derivados em maio foram de 48 milhões de litros, o que representa queda de 53% em relação ao volume importado em maio de 2019.
Já dentro da porteira, o último mês foi de queda no preço do leite recebido pelo produtor e piora na relação de troca leite/concentrado.
Veja essa análise completa na edição de junho do boletim Indicadores Leite e Derivados , disponível no site do Centro de Inteligência do Leite . No informativo estão apresentados os dados mais atuais de preço do leite ao produtor e ao consumidor no Brasil, preços internacionais do leite em pó e mais detalhes sobre a balança comercial de leite e derivados.
No informativo também estão apresentados os dados mais atuais de diversos produtos de interesse para cadeia do leite, além de produtos agrícolas de importância para o Brasil.

Aviso legal sobre propriedade intelectual em conteúdo digital

Todas as informações contidas nestas páginas que NÃO são de propriedade da eDairy News e NÃO são consideradas "de domínio público" pelos regulamentos legais são marcas registradas de seus respectivos proprietários e reconhecidas por nossa empresa como tal. A publicação no site eDairy News é feita com a finalidade de coletar informações, respeitando as normas contidas na Convenção de Berna para a Proteção das Obras Literárias e Artísticas; na Lei 11.723 e demais normas aplicáveis.

Qualquer reivindicação decorrente das informações contidas no site eDairyNews será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, com sede na cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outra jurisdição, incluindo a Federal.

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Notas relacionadas