Segundo dados divulgados recentemente pelo MDIC (Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços), o volume de lácteos importado pelo Brasil em setembro subiu 26% em relação a agosto
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Segundo dados divulgados recentemente pelo MDIC (Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços), o volume de lácteos importado pelo Brasil em setembro subiu 26% em relação a agosto, fazendo com que a “balança comercial láctea” atingisse o mês de setembro com o maior déficit dos últimos três anos. Confira abaixo no gráfico 1:

Gráfico 1. Saldo da balança comercial de lácteos no Brasil em equivalente leite (milhões de litros); elaborado pela equipe MilkPoint Mercado com dados do COMEXSTAT.

O volume internalizado de leite em pó (produto responsável por 68% das importações), impulsionado por Argentina e Uruguai (ambos fornecedores de 83,5% das importações lácteas brasileiras de setembro), aumentou 11,8% em setembro em relação ao mês anterior e 7,4% em relação a set/18. No acumulado do ano, as importações dos leites em pó já são 8,2% maiores do que 2018.

Além disso, vale destacar as maiores vendas uruguaias frente às argentinas. No último mês, o Uruguai aumentou 54,8% as exportações ao Brasil, enquanto a Argentina 6,6%, isso, apesar da produção menor em ambos os países.

Gráfico 2. Principais derivados lácteos importados em setembro; elaborado pela equipe MilkPoint Mercado com dados do COMEXSTAT.

Com relação aos demais derivados, ainda que tenha havido queda no volume internalizado de soro de leite (-9%), em setembro, as importações do produto foram 36% maiores do que set/18. Por outro lado, o volume importado de queijos subiu 3% no mês, porém, sofreu queda de 28% na comparação anual.

Tabela 1. Balança comercial láctea em setembro de 2019; elaborado pela equipe MilkPoint Mercado com dados do COMEXSTAT.

Dados sobre os principais indicadores para a cadeia produtiva do leite como preços do leite no mercado brasileiro e internacional, relação de troca ao produtor, balança comercial brasileira de leite e derivados.

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

newsletter

ASSINE NOSSO NEWSLETTER